Verdão volta ao Templo Sagrado do Futebol

A imprensa, nos últimos anos, insiste em rotular o estádio Palestra Itália como o “Inferno Verde”, local no qual o time que é seu proprietário, a Sociedade Esportiva Palmeiras, hipoteticamente só obteria resultados negativos. Repetem tanto tal mentira que há até palmeirenses acreditando nessa balela. Então, confiram informação extraída do Almanaque do Palmeiras e divulgada pela assessoria do Verdão.

Fizemos até hoje 1479 partidas no Templo Sagrado do Futebol, com 1003 vitórias, 301 empates e apenas 174 derrotas. Nosso aproveitamento é de 76%. Por sua vez, Vanderlei Luxemburgo, como nosso treinador, obteve até hoje 80 vitórias, 11 empates e apenas 4 derrotas em nossa casa. E iremos com tudo rumo à vitória de número 1004 hoje, a partir das 20h30, contra o Rio Preto.

Nos treinos, sendo que o último, de preparação, ocorreu no próprio Palestra Itália, ontem, duas alterações foram testadas pelo Luxa em relação aos jogos anteriores. Léo Lima, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, terá Wendel como substituto, enquanto David provavelmente cederá a sua vaga a Martinez, o grande ídolo de Dani Malacrida.

Se essas alterações se confirmarem, o Verdão jogará contra o Rio Preto com Marcos, Gustavo, Henrique e Martinez; Helder Granja, Pierre, Wendel, Diego Souza e Leandro; Valdívia e Alex Mineiro. Kleber, apresentado na quinta-feira como novo reforço para o ataque, ainda não será relacionado.

A partida contra o Rio Preto, atual lanterna do Paulistão, marca o retorno do Palmeiras à sua casa, em seu primeiro jogo no Palestra desde o fatídico dois de dezembro de 2007, quando perdemos por três a um para o Atlético Mineiro, resultado que marcou na prática o final da era Caio Júnior.

***********

Ouça também o Torpedo Verde, boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras, hoje falamos sobre o confronto contra o Rio Preto, as alterações no time, a volta ao Palestra, e muito mais.