Verdão vence mesmo com um a menos em campo

Com um a menos em campo desde os 25 minutos da segunda etapa, mesmo assim o Palmeiras teve futebol, garra e criação suficientes para conseguir superar a eficiente equipe do Coritiba. O gol que definiu a partida, por sinal, saiu cinco minutos após o lateral-direito Fabinho Capixaba ter tomado o cartão vermelho. Com a vitória por um a zero, o Verdão consolida sua posição no G3, e mostra que, aparentemente, tem bala na agulha para superar a perda de Valdívia.

Sem complicar muito, Luxemburgo resolveu ir a campo com Evandro assumindo o papel de Diego Souza, cabendo ao ex-jogador do Grêmio a missão de substituir o Mago no esquema alviverde. Até que deu certo. Com determinação, movimentação em campo e garra, a equipe na etapa inicial criou pelo menos quatro boas chances de gol, com Evandro, aos 10 minutos, Kleber aos 14 e Diego Souza aos 32 e 39 minutos. A bem armada agremiação paranaense, por sua vez, vinha vez por outra nos contra-ataques, e teve seu melhor momento aos 17 minutos.

A parte final da partida mostrou o Palmeiras extremamente seguro em campo, com o time treinado por Dorival Junior acuado e sem muita saída de jogo. Nem a vantagem de um jogador a mais melhorou as coisas para eles. Por sua vez, a entrada de Denílson aos 23 minutos no lugar de Jumar deu mais fluência ao jogo alviverde. Até que, aos 30 minutos, saiu o gol que nos valeu mais uma vitória em casa. Kleber dá belo passe para Evandro na direita, que, por sua vez, cruza com perfeição para a área.

Alex Mineiro, sempre ele, desvia com segurança para o fundo do gol do bom Vanderlei, um dos responsáveis por nossa vitória ter sido tão difícil. Daí em diante e até o apito final de Sérgio Carvalho, soubemos segurar o resultado sem grandes sobressaltos. No geral, uma partida bastante consistente do onze palestrino, que volta a campo na quarta, em Porto Alegre, para pegar o Internacional.

Confira o gol de Alex Mineiro: