Verdão vence Guarani-PA em noite de Luiz Adriano

Luiz Adriano foi o nome do jogo na noite desta terça-feira (10). Com três gols marcados, o atacante alviverde ajudou o Palmeiras a vencer o Guarani-PA pelo placar de 3 a 1 na Allianz Parque perante uma plateia de 28.267 pessoas, abaixo do habitual do clube em jogos da Taça Libertadores da América. Seria o preço caro o responsável? O resultado nos deixa na liderança isolada do grupo B do torneio, com 6 pontos ganhos, à frente do próprio Guarani e do Bolivar, que ganhou do Tigre pelo placar de 2 a 0 pouco antes da nossa partida.

Como seria de se esperar, o time paraguaio veio fechadinho na defesa, fazendo muitas faltas e tentando arriscar algum contra-ataque salvador. Logo a 2 minutos, quase o Verdão abre o marcador, com Willian chutando para boa defesa do goleiro adversário e depois um bate-rebate daqueles. Aos 7 minutos, Viña cabeceou para fora após cobrança de escanteio de Dudu. Aos 17 minutos, Bobadilha cabeceou e Weverton fez boa defesa.

No resto da etapa inicial, o que se viu foi o Palmeiras entrando na pilha do Guarani, com muitos contatos físicos e o goleiro adversário se aproveitando de um sangramento no nariz para parar o jogo o tempo todo. Resultado: o 0 a 0 se manteve firme e forte, e parecia que não iria sair tão facilmente.

Mas o time do Luxa voltou mais esperto para o segundo tempo, e logo a 7 minutos abriu o marcador. Dudu cobrou falta rapidamente e colocou Luiz Adriano na cara do gol, com nosso camisa 10 não perdoando.  Aos 14 minutos, podia ter sido a vez de Rony marcar, mas ele chutou para fora, com boa assistência de Luiz Adriano.

Aí, aos 29 minutos, Rony se redime e dá um passe impecável para Luiz Adriano, que, mais uma vez, finalizou com eficiência e ampliou o marcador a nosso favor. Aos 37 minutos, Dudu fez boa jogada pelo setor esquerdo do nosso ataque e cruzou, para, pela terceira vez na partida, Luiz Adriano finalizar com segurança. Ainda daria tempo de o Guarani descontar, aos 43, com Bobadilla, livre na área, marcando com categoria.

As notas dos jogadores do Palmeiras

Weverton- 6,0- Pouco exigido, não teve culpa no gol do Guarani-PA.

Marcos Rocha- 6,0- Partida discreta do lateral alviverde.

Gustavo Gómez- 7,0- Outra bela partida do nosso zagueiro. Ele saiu aos 39 minutos do segundo tempo para a entrada de Victor Hugo-sem nota.

Felipe Melo- 7,0- Boa partida na defesa, com direito a bons lançamentos para o lateral Viña.

M.Viña- 6,5- Aos poucos vai se soltando, seguro na defesa e efetivo no apoio ao ataque.

Ramires-3,0- Destoou demais do time, demonstrando, inclusive, fraqueza em termos físicos. Saiu aos 20 minutos do segundo tempo para a entrada de Patrick de Paula-6,5-, que ajudou o meio-campo a se firmar na partida.

Bruno Henrique- 6,5- Melhorou bastante após a entrada de Patrick de Paula, pois se soltou mais e teve a chance de apoiar mais o ataque.

Dudu – 8,0- Regular no primeiro tempo, mas se soltou no segundo, com direito a duas assistências para gols.

Willian- 6,0- Muita garra como de praxe, mas abaixo do seu habitual. Saiu aos 30 minutos para a entrada de Zé Rafael-5,0, que foi discreto e não muito mais do que isso.

Rony- 6,5- Teve altos e baixos durante a partida, mas deu uma bela assistência para o segundo gol.

Luiz Adriano- 10,0- Que nota dar para quem marcou os três gols em uma vitória tão importante?