Verdão vence Avai em casa e mantém liderança do Brasileirão

Jogando de forma segura, com poucas falhas e bastante eficiência, o Palmeiras venceu na noite desta quinta-feira (13) na Allianz Parque o time do Avai pelo placar de 2 a 0, perante 31.946 torcedores. O resultado nos garantiu a manutenção da liderança do Brasileirão 2019 durante o recesso para a Copa América, mesmo sem ainda ter recuperado os pontos obtidos de forma lícita dentro do campo perante o Botafogo. Uma performance impecável.

Logo a 24 segundos, Caio Paulista fez uma boa jogada, mas no mínimo se assustou e finalizou muito mal, para fora. Rara oportunidade do time catarinense. Logo a seguir, Felipe Melo cabeceia na área para a primeira das diversas defesas que o goleiro Vladimir, ex-Santos, teve de fazer durante a partida. Uma, boa, rolou aos 12 minutos, em finalização de Zé Rafael. Logo a seguir, Matheus Barbosa arriscou, para boa defesa de Weverton.

Aos 17 minutos, Diogo Barbosa bateu falta muito bem, e Vladimir teve de se virar para conseguir colocar a bola para escanteio. Aos 18 minutos, Edu Dracena cabeceou para fora, após cobrança de escanteio. Dudu foi outro que cabeceou para fora, após bom cruzamento de Diogo Barbosa. 

Aí, aos 31 minutos, Marcos Rocha lança Deyverson, que com um bom desvio consegue  marcar o gol. Como o bandeirinha assinalou um inexistente impedimento, o VAR entrou em ação, e quase quatro minutos depois, enfim o tento recebeu a justa confirmação.  E o primeiro tempo terminou assim.

O Avai voltou para a etapa final tentando alguma coisa, mas sem muita eficiência, enquanto o Verdão permaneceu na busca do segundo gol, como forma de definir as coisas. Aos 15 minutos, por exemplo, Bruno Henrique exigiu boa defesa de Vladimir, em cobrança de falta. E aos 20 minutos, Dudu faz boa jogada, toca para Lucas Lima, que rola a bola para um belíssimo chute de Bruno Henrique, sem defesa para Vladimir. 2 a 0 no placar.

A partir daí, pouca coisa aconteceu na partida, como uma oportunidade do Avaí aos 22 minutos que Weverton salvou, ou uma cabeçada quase acidental de Felipe Melo que obrigou Vladimir a fazer grande defesa aos 28 minutos, mandando para escanteio. Mas o jogo já estava definido, e a nosso favor.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Weverton-7,5- Muito atento, marcou presença nas raras oportunidades criadas pelo Avai

Marcos Rocha- 7,5- Deu a bela assistência para o gol de Deyverson e foi muito bem.

Antônio Carlos- 6,5- Não foi muito exigido, mas teve regularidade e eficiência.

Edu Dracena- 6,0- Afora uma bela vacilada no primeiro tempo, mostrou a sobriedade de sempre.

Diogo Barbosas- 8,0- Partidaça, com ótima presença defensiva e apoio de grande qualidade.

Felipe Melo- 7,0- Outra partida segura do volante, agora de contrato reformado até 2021.

Bruno Henrique- 8,0- Grande performance, com direito a um golaço. Saiu aos 43 minutos do segundo tempo substituído por Thiago Santos-sem nota.

Lucas Lima- 6,5- Deu assistência para o gol de Bruno Henrique e lutou muito, inclusive ajudando na marcação. Saiu aos 21 minutos do segundo tempo substituído por Moisés-5,0, que entrou com o jogo ganho.

Dudu- 7,5- Infernizou a defesa do Avai e mostrou sua qualidade técnica e raça. Saiu aos 38 minutos do segundo tempo substituído por Gustavo Scarpa-sem nota.

Zé Rafael- 6,0- Esforçado, embora um pouco abaixo do seu melhor futebol.

Deyverson- 7,0- Um guerreiro, correndo feito um doido e suando muito a camisa.