Palmeiras vence a oitava partida seguida em 2009

Nem a chuva, nem o bom time do Mirassol e nem mesmo um juiz confuso conseguiram segurar o Palmeiras na noite desta quarta-feira. Demonstrando muita eficiência e disposição, os pupilos de Vanderlei Luxemburgo garantiram sua oitava vitória consecutiva no ano, e a sexta no Paulistão 2009. Vencendo por 3 a 2, continuamos na liderança da competição, mesmo com uma partida a menos em relação aos adversários. A merecida vitória teve como destaque Diego Souza, que fez indiscutivelmente sua melhor partida no ano, mesmo tendo segurado um pouco a bola em alguns momentos.

O primeiro gol do jogo, aos 9 minutos, foi dele, cobrando com força falta que o goleiro do Mirassol não conseguiu deter. Aliás, também foi em cobrança de infração, aos 17 minutos, que a equipe da casa empatou a partida, com Anderson Paim cobrando e a bola desviando na barreira, enganando Bruno. Só que a alegria deles durou pouco. Diego Souza e Keirrison fizeram uma belíssima tabela, que se encerrou com o K9 mandando para o fundo das redes do adversário aos 24 minutos. Até o final, ainda criamos mais três boas oportunidades, contra uma do adversário.

O Verdão voltou com fome de bola, e logo aos dois minutos já tinha criado duas grandes oportunidades de gol. Aos 15, belíssimo passe de Diego Souza deixou o lateral Jefferson na cara do gol. Este não perdoou, e acertou uma bomba, ampliando a vantagem para o Alviverde Imponente. A partir daí, Luxemburgo resolveu poupar alguns titulares, tirando Diego Souza, Keirrison e Willians para colocar, respectivamente, Marquinhos, Lenny e Sandro Silva.

Este último conseguiu a façanha de ficar apenas quatro minutos em campo, sendo expulso após falta feita devido a uma furada espetacular. Aos 41, o Mirassol também ficou com um a menos. Aos 47 minutos, Wesley descontou para o Mirassol, em vacilada da defesa alviverde, mas não havia mais tempo para nada. Boa vitória, e mais gordura acumulada.

******

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.