Verdão só depende de si para voltar ao G 4

A boa vitória obtida contra o Flamengo possibilitou ao nosso Alviverde Imponente subir uma posição na tabela, superando o time de Muricy Sem Dentes e atingindo a quinta colocação. Temos agora 28 pontos ganhos, oriundos de 8 vitórias, 4 empates e 4 derrotas, 27 gols pró e 19 contra, saldo positivo de oito.

A décima sexta rodada só não nos proporcionou uma ascensão maior pelo fato de nossos concorrentes terem vencido as suas partidas. O Grêmio, atual líder, conta com 32 pontos ganhos, quatro a mais do que nós. O Cruzeiro está em segundo, com 30, seguido por Vitória com 29. O quarto colocado é o Flamengo, que também soma 28 pontos, mas que nos supera pelo fato de ter melhor saldo de gols (12 contra 8).

Os resultados desta rodada criaram uma espécie de bloco de elite, pois apenas o time do Jardim Leonor está por perto, em sexto e com 27 pontos ganhos. O Sport, sétimo, ostenta 24 pontos, um a mais do que o Coritiba, o nono, dois a mais do que Botafogo e Internacional, respectivamente nono e décimo colocados, e três acima do Figueirense, último na zona de classificação para a Sul-americana. 

Apenas dois pontos separam o Vasco, décimo segundo classificado, do Goiás, décimo oitavo, o que demonstra que a luta para fugir do rebaixamento será grande. Mas, felizmente, isso não nos interessa.

Vamos, então, relatar a grande oportunidade que teremos na próxima rodada, a décima sétima. Se vencermos o Ipatinga na casa do adversário, voltaremos ao G 4 independente do que ocorrer na rodada. A explicação é simples. Flamengo e Cruzeiro, no Maracanã, e Grêmio e Vitória, no Olímpico, medirão suas forças.

Ganhando da equipe mineira, o quarto lugar será nosso, na pior das hipóteses, e poderemos assumir até a vice-liderança do torneio, dependendo da combinação de resultados. Esta última alternativa rola se o Vitória não vencer o Grêmio e Cruzeiro e Flamengo empatarem, sendo que precisaríamos vencer o Ipatinga com pelo menos três gols de diferença.