Verdão precisa de apoio incondicional contra o Sport

Hoje, às 19h45, no estádio Palestra Itália, o Palmeiras joga a sua quarta partida na fase de classificação da Taça Libertadores da América de 2009, contra o Sport, precisando do apoio incondicional de seu torcedor. Uma vitória simples impulsionará nosso Alviverde Imponente rumo ao segundo lugar do grupo 1 da competição, suplantando o adversário de hoje e nos deixando a apenas um ponto do líder, o Colo-Colo, do Chile. Portanto, um recado para os mais de 27 mil torcedores que deverão estar presentes: sem essa de ficar xingando os jogadores a cada bola perdida, ou vaiar quem chutar bolas de longe e errar também de longe.

Integrantes xiitas das turmas do amendoim e da castanha de caju (esta última, criação de “Calma, Conrado!”) deverão ficar em casa, ou então, mudar de comportamento, em prol do bem maior, que é ver nossa equipe dando a volta por cima no importante campeonato sul-americano. Nosso único desfalque será o atacante Willians, que continua entregue ao departamento médico. Lenny treinou em seu lugar, mas Vanderlei Luxemburgo não garante ser ele o companheiro de Keirrison no setor ofensivo do Verdão.

A provável escalação para a partida decisiva: Marcos, Fabinho Capixaba, Maurício Ramos, Danilo e Pablo Armero; Pierre, Edmílson, Cleiton Xavier e Diego Souza; Lenny (Ortigoza) e Keirrison. O clima entre os dirigentes das duas agremiações, que felizmente foi bastante cordial na partida de ida, vencida por dois a zero por nós, permanece igual, o que faz com que a disputa entre ambos se concentre nas quatro linhas.

Vale registrar que mais de 20 mil ingressos foram vendidos por antecipação, o que dá clara indicação de que teremos lotação total na partida de hoje. Outra boa notícia: aparentemente (toc, toc, toc!), não teremos chuva na capital paulista, na noite de hoje.