Verdão pega Lusa para consolidar classificação

Estamos na reta de chegada da fase de classificação do Paulistão 2008. Das vinte equipes que iniciaram a competição, apenas quatro chegarão às semifinais do torneio.

Hoje, às 21h45 (o detestável “horário Globo”), no estádio Palestra Itália, o Palmeiras encara a Portuguesa de Desportos com o objetivo de consolidar nossa posição no G4, mais precisamente a segunda colocação, empatados em número de pontos com o líder Guaratinguetá (tem uma vitória a mais). Um triunfo praticamente sela nossa classificação, deixando como variável apenas a posição em que iremos nos qualificar.

Vanderlei Luxemburgo terá de escalar uma equipe diferente. Kleber recebeu suspensão por três partidas, e só voltará na fase decisiva. Por sua vez, Henrique está na Inglaterra, defendendo a seleção brasileira do técnico Dunga.

Ao contrário de ocasiões anteriores, nosso “implantador de filosofias” preferiu entregar o ouro ao bandido rapidinho, afirmando que os substitutos serão, respectivamente, Denílson e David. A escalação do Alviverde Imponente para hoje, portanto, é a seguinte: Marcos, Elder Granja, Gustavo, David e Leandro; Pierre, Léo Lima, Diego Souza e Valdívia; Denílson e Alex Mineiro.

Como as características de Kleber e Denílson são bem distintas, não será de se estranhar uma constante troca de posições entre Denílson e Valdívia, o que ajudará a complicar a vida da defesa do time treinado por Vagner Benazi.

A “Lusinha” vem a campo tentando manter viva suas agora remotas possibilidades de classificação, com o desfalque certo de Christian, mas com a possibilidade de colocar em campo Claudecir, apelidado de “morto” por alguns setores da torcida alviverde.

O retrospecto entre Palmeiras e Portuguesa é amplamente favorável a nós, conforme dados fornecidos pela assessoria do Verdão. São 119 vitórias, 67 empates e 64 derrotas, com 456 gols pró e 325 gols contra. Se só focarmos o Paulistão, temos 70 vitórias, 43 empates e 32 derrotas.