Verdão mata jogo no primeiro tempo e dispara na liderança

Bastou um primeiro tempo jogado com objetividade e inspiração para que o Palmeiras garantisse mais uma vitória no Paulistão 2009. Desta vez, a vítima foi o Noroeste, que não conseguiu nem mesmo se aproveitar da chuva forte que caiu na metade inicial do duelo e perdeu por 2 a 0. Com um esquema corajoso a partir do qual tentou encarar de igual para igual o dono da casa, o Norusca nos deu espaços preciosos.

Aos três minutos, Cleiton Xavier recebe passe de Diego Souza, chuta, e o goleiro quase toma o gol. Aos 15 minutos, no entanto, não teve jeito. Cleiton Xavier deu belo passe para Keirrison, que concluiu com a categoria habitual. A partir daí, o time de Bauru teve de se abrir ainda mais. Willians perdeu gol feito aos 18, mas um minuto depois, Keirrison soube aproveitar com maestria cruzamento na medida feito por Sandro Silva, por sinal um dos melhores em campo, ao lado de Pablo Armero, Pierre e o K9, obviamente. Luciano Bebê, em dois chutes de longe e uma bola mal finalizada dentro da nossa área, e um cruzamento despretensioso que Bruno desviou providencialmente para escanteio quase deram ao adversário a chance de diminuir o placar.

Sem chuva na etapa final, o nível da partida curiosamente caiu, com os comandados de Vanderlei Luxemburgo administrando a vantagem e tentando uma ou outra jogada, tentativas pontuadas por diversos erros de passe, e o Noroeste com muita garra e pouca competência na hora das finalizações. As entradas de Lenny, Marquinhos e Jumar não ajudaram a mudar esse panorama. No final, a nota negativa: Willians e Keirrison tomaram o terceiro amarelo, e serão desfalques certos no sábado, contra o Guaratinguetá. De qualquer forma, com a vitória, o Verdão abriu seis pontos para o segundo colocado, o time de Ducho Sempre Livre.

**********

Ouça também o Torpedo Verde, o boletim diário da Rádio Mondo Palmeiras.