Verdão massacra Fortaleza em estreia no Brasileirão 2019

Em 2016, o Palmeiras estreou no Brasileirão goleando o Atlético-PR na Allianz Parque por 4 a 0. Em 2017, repetiu o placar nas mesmas circunstâncias e local, desta vez tendo o Vasco como vítima. E na noite deste domingo (28), os comandados de Felipão lavam a alma da torcida com mais uma estreia na base do 4 a 0, desta vez detonando o Fortaleza de Rogério Ceni. Os 26.701 torcedores presenciaram uma verdadeira chuva de gols e também uma chuva de verdade, que não arredou pé durante toda a partida, transmitida pelo canal a cabo TNT.

O primeiro momento mais agudo da partida ocorreu, na verdade, com a saída de Ricardo Goulart, que sentiu o joelho e teve de ser substituído ainda aos 7 minutos.  Zé Rafael, o seu substituto, mostrou que não estava a fim de perder essa oportunidade, e logo aos 16 minutos abriu o marcador, aproveitando um belo cruzamento de Diogo Barbosa, dominando bem e chutando sem chances para o goleiro Felipe Alves.

Aos 26 minutos, Zé Rafael coloca Dudu na cara do gol, mas Felipe Alves consegue fazer bela defesa. O Verdão continuaria dominando a partida, e poderia ter ampliado o marcador, mas não teve boas finalizações.

Na etapa final, no entanto, Felipe Melo e sua turma vieram com muita sede de bola, e com apenas cinco minutos o time do Ceará já havia sofrido uma pressão que resultou em pelo menos três boas oportunidades de gol. O segundo tento parecia iminente, e veio aos 13 minutos, com Marcos Rocha finalizando tal qual um centroavante, em assistência de Zé Rafael.

Aos 21 minutos, Weverton teve de trabalhar, fazendo duas belas defesas em finalizações dentro da área feitas por Osvaldo, as melhores do Fortaleza em toda a partida. No entanto, logo a seguir o Verdão tratou de ampliar o marcador, com Marcos Rocha batendo lateral e Zé Rafael, de cabeça, marcando mais um. Bruno Henrique, aos 45 minutos, trataria de marcar o quarto gol, aproveitando cruzamento de Marcos Rocha.

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Weverton- 8,0- Fez duas defesas difíceis em chutes de Osvaldo e mostrou segurança.

Marcos Rocha- 8,5- Fez um golaço e deu assistências para dois gols. Voou em campo!

Luan- 7,0- Partida sólida e estável.

Gustavo Gómez- 7,0- Seguro, não deu chances para o ataque cearense.

Diogo Barbosa- 6,5- Deu a assistência para o primeiro gol e mostrou regularidade.

Felipe Melo- 7,5- Ganhou todas as divididas e foi o rei dos desarmes na partida.

Bruno Henrique- 7,0- Fez seu primeiro gol no ano e melhorou em relação a partidas anteriores.

Ricardo Goulart-sem nota- Saiu contundido com apenas 7 minutos de partida, dando sua vaga para Zé Rafael-9,0, que fez dois gols, deu assistência e mostrou que será muito útil para o time durante a temporada.

Dudu- 7,0- Foi pra cima da defesa adversária e mostrou a habilidade de sempre. Só faltou um gol. Saiu aos 36 minutos do segundo tempo substituído por Hyoran-sem nota.

Gustavo Scarpa- 6,0- Embora sem comprometer, foi o menos inspirado dos jogadores ofensivos, provavelmente cansado após a bela partida contra o Melgar, pela Libertadores. Saiu aos 32 minutos do segundo tempo substituído por Lucas Lima-sem nota, que entrou com o jogo já resolvido.

Deyverson-6,5- Muita movimentação e luta.