Verdão joga muito e ganha Derby de virada

Por Fabian Chacur

O aniversário de 97 anos foi na última sexta-feira (26), mas o presente para a Torcida que Canta e Vibra veio na tarde deste domingo (28) em Presidente Prudente (SP).

Em uma de suas melhores atuações em 2011, o Palmeiras venceu seu maior rival, o Corinthians, pelo placar de 2 a 1. E de virada, que é sempre bem mais gostoso. Uma partida inesquecível.

Logo no início, ficou claro que o jogo seria digno de sua tradição, tal a disposição das duas equipes em campo. Aos 7 minutos, Emerson chutou a primeira bola no gol, defendida com facilidade por Marcos.

Aos 8 e aos 13 minutos, Kleber ameaçou a meta alvinegra, primeiro com boa cabeçada e após com chute que exigiu difícil defesa por parte de Júlio O Retorno da Múmia César.

A partir dos 15 minutos, o Corinthians cresceu muito, exigindo duas boas defesas de Marcos, a segunda em ótima jogada de Ramon. Na continuação desse lance, aos 18 minutos, Emerson recebeu livre, chutou e enganou Marcos e Henrique. Um a zero para os inimigos.

Os comandados de Tite estavam dominando a partida quando Flávio Murtosa/ Felipão resolveram ousar, tirando o até então ineficiente Patrik para promover a estréia de Fernandão, vindo do Guarani.

Impressionante como deu certo. A partir daí, o Verdão ganhou força na frente. Ainda assim, levou um susto aos 32 minutos, quando Liedson chutou para longe uma ótima chance.

Aos 34 minutos, Luan, provavelmente o melhor em campo, aproveitou rebote após cobrança de escanteio de Marcos Assunção (sempre ele) e empatou a partida, para delírio da torcida presente.

A partir daí, a rigor só deu Palmeiras em campo, o que se manteve na etapa final. Parecia iminente um segundo gol alviverde, e o mesmo veio rapidinho.

Aos 7 minutos, ocorreu um daqueles lances que o torcedor alviverde dificilmente se esquecerá tão cedo, se é que irá se esquecer um dia. Marcos Assunção fez um lançamento digno de Gerson Canhotinha de Ouro e colocou Fernandão na cara do gol.

Nosso novo centroavante matou a bola no peito e, antes que ela chegasse ao chão, mandou um balaço, que Júlio Múmia nem viu por onde passou. Que estréia, heim? 2 a 1 Verdão.

A partir daí, o Corinthians tentou de tudo, mas foi neutralizado pela marcação alviverde, e pouco conseguiu criar de efetivo, sendo a melhor chance aos 43 minutos, quando Liedson chutou e levou Marcos a fazer uma defesa sensacional.

No fim das contas, a vitória contra o maior rival equivale a um pouco de esperança para o segundo turno do Brasileirão, levando-se em conta que acabamos o primeiro em sexto. Mas faltam 19 partidas, e tudo pode acontecer. Mas quer saber?

Vamos comemorar essa belíssima vitória, e o resto a gente vê depois!