Verdão goleia América-MG e fica pertinho do título

Se no primeiro tempo o goleiro fechou o gol e Borja perdeu gols feitos, no segundo não teve conversa. Com uma performance espetacular de Dudu, o Palmeiras goleou o América-MG na noite desta quarta-feira (21) na Allianz Parque pelo placar de 4 a 0 e está a uma vitória do título do Brasileirão, mantendo cinco pontos à frente do agora único rival, o Flamengo.

Com muito mais foco do que na partida contra o Paraná, e com uma condição climática decente, o Verdão desde o início mostrou que não iria brincar em cena. Logo a 2 minutos, Dudu quase marca, em bom passe de Borja. A partir daí, o time palmeirense criaria um total de 14 oportunidades de gol, contra rigorosamente nenhuma por parte do time mineiro.

A equipe dirigida por Givanildo lutou muito e se fechou como pôde, mas só não saiu atrás do marcador porque seu goleiro fez pelo menos duas belas defesas, e também por Borja não estar nada inspirado, perdendo aos 43 minutos um gol absurdo, com a meta livre, chutando para fora após passe de Dudu.

Com Deyverson no lugar do atacante colombiano, o Palmeiras voltou ainda mais ligado para a etapa final, e marcou um gol logo a 45 segundos, anulado por impedimento de Deyverson. Aos 13 minutos, no entanto, não teve conversa: após cruzamento de Lucas Lima e rebote da zaga, Luan abriu o marcador.

A pressão alviverde continuou, e aos 30 minutos, após algumas oportunidades não concretizadas, Willian marcou, finalizando com calma um passe açucarado de Dudu. Logo a seguir, o nosso Pequeno Gigante, como o apelidou Raul Bianchi, recebeu boa bola e finalizou com categoria, vencendo o goleiro do América, quando o cronômetro marcava 32 minutos.

Aí, foi só esperar o final do jogo, embora o time continuasse apertando o rival e marcando mais um, aos 36 minutos, com Deyverson de cabeça, que ficou sangrando por se chocar com a cabeça de um jogador americano. Como o Flamengo venceu o Grêmio por 2 a 0 no Maracanã, a festa fica adiada. Mas será que ainda há quem duvide da força alviverde, nessa altura dos acontecimentos, com apenas seis pontos em disputa?

As notas dos jogadores do Palmeiras:

Weverton- 6,0– Foi um expectador privilegiado do jogo.

Mayke-8,0– Muito bem, especialmente no apoio ao ataque.

Luan-8,5– Impecável na defesa e ainda fez um gol.

Gustavo Gómez-7,0– Seguro o tempo todo.

Victor Luis-7,0– Esbanjou garra.

Thiago Santos-7,5– Um leão no meio-campo e na cobertura de Mayke. Saiu aos 38 minutos do segundo tempo substituído por Moisés-sem nota.

Bruno Henrique-7,5– Mais uma atuação impecável.

Lucas Lima- 7,0– Bem melhor do que nas partidas anteriores.

Dudu- 10,0– Uma atuação brilhante, com direito a chamar a responsabilidade para si, dar belos passes e assistências e de quebra fazer o gol mais lindo do jogo. Saiu aos 34 minutos do segundo tempo substituído por Felipe Melo-sem nota.

Willian- 7,5– Outro que melhorou muito em relação a partidas recentes, movimentando-se muito e fazendo um gol.

Borja-5,0– Até que não estava mal na movimentação, mas sua função é fazer gols, e ele perdeu um absolutamente absurdo. Saiu no intervalo dando sua vaga para Deyverson-7,0, que botou fogo no jogo e fez o seu gol.