Verdão ganha de virada e mantém a liderança

Denílson foi o nome do jogo. O campeão mundial de 2002 entrou em campo aos 17 minutos da segunda etapa, quando a partida estava empatada. Em sua primeira participação, fez belíssima jogada pela esquerda, no melhor estilo dos pontas de antigamente, e cruzou com precisão para que Alex Mineiro dominasse e mandasse para o fundo das redes adversárias. De quebra, fez o seu gol, aos 32 minutos, aproveitando rebote de chute de Kleber. Dessa forma, o Verdão ganhou do Atlético Mineiro por 3 a 1, e manteve a liderança do Brasileirão 2008. Vitória merecida em jogo truncado e difícil.

Como seria de se esperar, a equipe mineira veio a São Paulo com objetivos bem traçados: marcação dura, concentração de jogadores em seu setor defensivo e aposta em eventuais contra-ataques. O Palmeiras, por sua vez, fez uma etapa inicial meio sonolenta, mesmo tendo criado boas chances de gol com Kleber (4 minutos) e Alex Mineiro (7 e 12 minutos). No entanto, coube ao Atlético abrir o marcador.

O veterano Marques se aproveitou de vacilada de Maurício, dominou a bola e cruzou com perfeição para Renan Oliveira, que não desperdiçou a chance, aos 31 minutos. Por sua vez, o mesmo Marques vacilou ao tocar na bola com a mão, e tomou o segundo amarelo, deixando sua equipe com dez aos 36 minutos. Aos 43 minutos, enfim o empate. Elder Granja passa para Alex Mineiro, que, com categoria, ajeita para belo chute de Leandro.

Com Evandro e Leo Lima nos lugares de Martinez e Pierre, o time de Vanderlei Luxemburgo voltou mais atento na etapa final, e quase marcou com Kleber (aos 2 minutos) e Leo Lima (aos 8 e 10 minutos). Por sua vez, Raphael Aguiar perdeu gol certo aos 16 minutos, em boa defesa de Marcos. Aí, Luxa mudou o jogo ao tirar Elder Granja e colocar Denílson em seu lugar. Resultado: décima sexta vitória alviverde e a manutenção da liderança do campeonato.