Verdão estréia no Brasileirão sem Marcos

Na expectativa da partida de volta da Libertadores, que foi adiada para a próxima quarta-feira, em Recife, Vanderlei Luxemburgo resolveu fazer mistério sobre qual o time que colocará em campo na estréia do Palmeiras no Brasileirão 2009, hoje, às 18h30, no Estádio Palestra Itália. Uma única certeza: Marcos não foi relacionado, e se manterá treinando especificamente para enfrentar os pernambucanos. O onze alviverde só será revelado minutos antes do jogo, segundo Luxa.

Eis os relacionados: Bruno e Deola (goleiros), Fabinho Capixaba,  Wendel, Pablo Armero e Jefferson (laterais), Danilo, Maurício Ramos,  Marcão e Jéci (zagueiros), Pierre, Souza, Jumar e Mozart (volantes),  Diego Souza, Cleiton Xavier, Evandro e Deyvid Sacconi (meias),  Keirrison, Willians, Ortigoza, Lenny e Marquinhos (atacantes).

Ou seja, são 23 sujeitos concorrendo a 11 vagas. Façam as suas apostas. Eis a minha: Bruno, Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Jefferson; Pierre, Souza, Cleiton Xavier e Diego Souza; Willians e Keirrison. Todos os entrevistados pré-jogo ressaltaram a importância de não começar mal o campeonato brasileiro, levando-se em conta a dificuldade de recuperar os pontos perdidos de bobeira na fase inicial.

Palmeiras e Coritiba já se enfrentaram 41 vezes, com 17 vitórias do Verdão, 13 empates e 11 derrotas, 68 gols pró e 49 gols contra. Em campeonatos brasileiros, o equilíbrio é maior, com 9 vitórias nossas, 9 empates e 7 derrotas.

No comando do Verdão, Luxa  ganhou os títulos de 1993 e 1994, chegou às oitavas de final em 1996 e ao quarto lugar no ano passado. Ele nos treinou em 124 jogos valendo por esse torneio, com 73 vitórias, 25 empates e 26 derrotas, 211 gols a favor e 122 contra. Seu aproveitamento é de 65,5%. Ele dirigiu o Alviverde Imponente em todos os jogos dos brasileiros de 1993, 1994, 1996 e 2008. Em 1995, pegou o time no meio do torneio, e em 2002, saiu após uma única partida, trocando-nos pelo Cruzeiro.