Verdão estreia com vitória no Brasileirão


Por Fabian Chacur

Nada como estrear em um campeonato com vitória, mesmo sem dar um banho de bola. Foi exatamente isso o que o Palmeiras fez na tarde deste domingo (22) em São José do Rio Preto contra o Botafogo carioca.

O placar de 1 a 0 não refletiu bem o que foi a partida, pois o Alviverde Imponente, sem brilhar, esteve bem melhor do que o limitado time treinado por Caio Júnior, o ídolo máximo de Raul Bianchi.

Na etapa inicial, o Palmeiras teve em Marcos Assunção o seu grande nome, com três excelentes cobranças de falta, duas defendidas com dificuldade por Jefferson e uma aos 38 minutos batendo na trave, com João Vitor quase fazendo no rebote.

Por sua vez, o Botafogo só chegou em duas boas bolas chutadas de longes, que Marcos defendeu com categoria.

Na etapa final, a entrada de Patrik no lugar do novamente inoperante Tinga tornou o time ainda melhor, e após algumas tentativas que esbarraram em finalizações fracas, enfim o gol saiu.

Aos 19 minutos, Kleber, que completou 100 partidas com o manto sagrado alviverde, recebeu boa bola, ajeitou com a perna direita e chutou forte de esquerda, sem chances para Jefferson. Um a zero para o Palmeiras.

Aos 26 minutos, Luan, que fez uma boa segunda etapa, teve a oportunidade de matar a partida, mas demorou muito e acabou chutando longe.

Kleber também deixou Jefferson de cabelo em pé aos 34 minutos, exigindo boa defesa do goleiro adversário.

A grande novidade ficou por conta da entrada, nos três últimos minutos, de Pierre, felizmente de volta após seis meses se recuperando de contusão. A torcida gritou o seu nome, em merecida homenagem.