Verdão encara Vasco “Tapetão” no Palestra Itália

Se há uma coisa que me irrita, é a falta de vergonha na cara. Após tomar uma chacoalhada clássica na quarta-feira, a equipe do Vasco da Gama, através de seus dirigentes, tenta seguir em frente na Copa Sul-americana na base do tapetão. 

O desfecho ocorrerá na segunda-feira, mas não dá para imaginar outro resultado que não a confirmação da vitória em campo do nosso Alviverde Imponente. Pelo visto, o espírito de Eurico Miranda continua dando as cartas por lá, heim? Enquanto isso, as duas equipes se enfrentam novamente, desta vez pelo bem mais importante Campeonato Brasileiro. O horário é aquela maravilha de 18h10, xporrtetevê, como diria Flávio Canuto.

A apenas três pontos do Grêmio de Celso Roth, o Palmeiras vai a campo para retomar sua hegemonia como o time que melhor desempenho tem no torneio ao jogar em seus próprios domínios, com 10 vitórias, um empate e apenas uma derrota. 

Por sua vez, a equipe carioca é uma das piores no papel de visitante, com apenas uma vitória, dois empates e nove derrotas. Renato Gaúcho, que já apanhou da gente este ano como treineiro do Fluminense, estréia à frente dos cariocas, e precisará tirar coelhos da cartola para ajudar a equipe.

Gustavo infelizmente não irá jogar, pois tomou o terceiro cartão amarelo contra o Cruzeiro. Entra em seu lugar o glorioso Gladstone. Por sua vez, voltam Alex Mineiro e Kleber, e Leo Lima deve sair do time. 

A escalação, salvo alterações de última hora, deve ser Marcos, Elder Granja, Gladstone, Maurício e Leandro; Sandro Silva, Martinez, Evandro e Diego Souza; Kleber e Alex Mineiro. Nosso goleiro, de longe o melhor do Brasil no momento, vai completar 400 partidas vestindo o manto sagrado alviverde, e certamente será alvo de homenagens por parte da diretoria. Nada mais justo.