Verdão encara Náutico para se consolidar no G 4

jorginho_treino_palmeiras

O Palmeiras entra em campo hoje às 18h30 no Estádio Palestra Itália (e não “Parque Antarctica”, como a imprensinha ama chamar a nossa amada casa) com a missão de se firmar de vez no G 4 do Brasileirão 2009, e também de contabilizar pontos suficientes que nos permitam assumir a liderança do mesmo em breve. O adversário é o Náutico, de Recife, que inicia a décima rodada na décima sétima posição, ou seja, na temida zona do rebaixamento.

Nem é preciso dizer que deve ser daqueles times que virá fechadinho na defesa, tentando alguma coisa em contra-ataques esporádicos. Tipo do jogo enroscado ao menos em sua fase inicial, que o torcedor mais afobado e doido para vaiar seus próprios jogadores deve evitar.

O técnico interino Jorginho Sobrancelha promoverá duas alterações em relação à escalação que entrou em campo contra o Avaí. Ortigoza, cujo contrato se encerrou ontem, fica de fora enquanto seu futuro no clube é definido. Willians deve ser seu substituto. Após cumprir suspensão automática, Wendel retoma seu posto na lateral direita, mandando Fabinho Capixaba para o banco. A provável escalação do onze alviverde: Marcos, Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Pablo Armero; Pierre, Souza (Edmilson), Cleiton Xavier e Diego Souza; Willians e Obina.

O Verdão inicia a rodada em quarto lugar, a quatro pontos do líder Internacional, a dois do vice, Atlético Mineiro, e com pontuação igual ao Vitória, perdendo no quesito vitórias para o adversário baiano. Ressalte-se: somos o melhor time paulista na competição até o momento, com uma campanha bem consistente, apesar de todos os problemas gerados pela desclassificação na Libertadores, a subseqüente demissão de Luxemburgo e a saída abrupta e inesperada de Keirrison.

uol_logoClique aqui para ouvir Mondo Palmeiras no UOL Mais (link alternativo).