Palmeiras encara Ancash no Palestra

Depois de levarem uma dura de Vanderlei Luxemburgo, os jogadores do Palmeiras agora nem se atrevem a considerar a Copa Sul-americana um objetivo inferior ao Brasileirão. E fazem bem. Afinal de contas, é um torneio internacional, que nunca foi vencido por uma equipe brasileiro e oferece prêmio em dinheiro ao clube que o faturar. 

Logo, é ir pro campo e suar muito pelas vitórias, que essa turma ganha muito bem exatamente para isso. E com esse objetivo, o Verdão vai a campo hoje, as 22h, no Estádio Palestra Itália, encarar a partida de volta das oitavas-de-final da competição, contra os peruanos do Sport Ancash. Vitória simples nos dará a classificação, sendo que empate sem gols levará a disputa para as cobranças de pênaltis, e com gols, dará a vaga ao rival do país andino.

 

 

Um dos principais atrativos fica por conta da reestréia de Roque Júnior com o manto sagrado alviverde, após oito longos anos. O zagueiro se mostra animado, e certamente irá iniciar sua trajetória rumo ao time titular. Para alegria de seu fã Raul Bianchi, Denílson vestirá a camisa 10, comandando o setor ofensivo do time. 

A dúvida fica entre Marcos e Deola, pois Bruno ainda se encontra em fase de recuperação de uma contusão. A escalação, salvo alterações de última hora, será a seguinte: Marcos (Deola), Jumar, Gladstone, Roque Júnior e Jefferson; Pierre, Léo Lima, Evandro e Maicosuel; Denílson e Thiago Cunha. Se passar para as quartas-de-final da Sul-americana, o Palmeiras enfrentará ou Argentino Juniors ou San Luis, este último do México. 

A partida de ida foi vencida pela equipe mexicana, pelo placar de 2 a 1, e a de volta também ocorre hoje, sendo que vitória por um a zero colocará os argentinos na próxima fase da competição.