Verdão despacha Santo André e avança na Copa do Brasil

O Santo André deu uma de seleção mexicana de futebol na tarde desta quinta-feira (21), feriadão em São Paulo.

O time correu como nunca, bateu como nunca, lutou como nunca, mas perdeu como sempre.

Com gol de Danilo de cabeça aos 31 minutos do segundo tempo, o Verdão ganhou por 1 a 0 no estádio do Pacaembu e avançou rumo às quartas de final da Copa do Brasil, para enfrentar provavelmente o Curitiba.

Debaixo de um sol digno do sertão nordestino e com plateia de mais de 34 mil torcedores, a etapa inicial do jogo foi marcada por muita marcação, correria e violência.

As chances reais de gol praticamente inexistiram, sendo que aos 23 minutos o fraco árbitro deixou de marcar um pênalti claro em Luan.

Por sua vez, Valdívia precisou sofrer três faltas seguidas para o juiz dar uma, e de quebra ainda mostrar um amarelinho para o Mago, que obviamente reclamou.

Na etapa final, os lances agudos passaram a ser um pouco mais freqüentes, e por pouco o Santo André não abre o marcador logo aos 2 minutos, em cabeçada de Célio Codó que Deola defendeu. Mas foi só um susto.

Aos 22 minutos, a segunda baixa. Já havíamos perdido Thiago Heleno contundido (entrou Leandro Amaro em sua vaga), e Cicinho acabou saindo da mesma forma, dando lugar a João Vitor.

Aos 31 minutos, em cobrança milimétrica de escanteio por parte de Marcos Assunção, Danilo cabeceou com categoria e abriu o marcador.

Aos 36 minutos, o zagueiro Anderson mostrou que continua com espírito gambá e foi para o chuveiro mais cedo, após falta absurda em Valdívia.

Kleber mais uma vez perdeu um pênalti contra o Santo André, desta vez aos 39 minutos, mandando a bola na trave. Mas quem irá se lembrar disso no futuro? O que importa é que estamos classificados.