Verdão deixa vitória escapar no final

Está difícil comemorarmos a primeira vitória do Palmeiras na nova era Felipão. Hoje, um gol sofrido aos 44 minutos da etapa final nos levou ao quarto empate consecutivo no Brasileirão 2010, desta vez contra o Goiás, no estádio Serra Dourada.

No início da partida, a equipe dirigida por Emerson Leão tentou pressionar bastante. No entanto, em falha de sua defesa, Kleber recuperou a bola e deu ótimo passe para Ewerthon, que em chute certeiro abriu o marcador para o Verdão aos 12 minutos.

Até os 35 minutos, só deu Palmeiras, que não teve tranqüilidade e/ou boa pontaria para chegar ao segundo gol. Por sua vez, o time goiano pressionou bastante nos dez últimos minutos, permitindo que Deola mostrasse ótima forma.

Na etapa final, os comandados de Scolari demonstraram cautela excessiva, com o time se mantendo em seu campo defensivo por quase todo o tempo. As saídas de Victor, Ewerthon e Kleber não ajudaram a melhorar o quadro, com Tinga, Marcos Assunção e o estreante Luan não fazendo nada de muito efetivo.

O Goiás, no entanto, também não apresentava uma performance das melhores, pressionando mais pelos espaços que recebia de graça do que por competência. Apesar de mais defesas importantes de Deola, a partida parecia decidida lá pelos 40 minutos da etapa final.

Até que o Palmeiras começou a ceder escanteio e falta atrás de escanteio e falta. E em uma dessas bolas paradas, sofremos o empate aos 44 minutos, em falha da defesa alviverde pelo alto. Mais um empate para a nossa coleção, o sétimo neste campeonato.