Vale tudo nas eleições para presidente do Palmeiras…

Inclusive dizer aquilo que muita gente pensa mas não tem coragem de falar. Senti isso ao ler a entrevista do candidato Paulo Nobre à saudosa Gazeta Esportiva, onde ele fez a seguinte declaração:

“O maior fã que o Evair tem na carreira sou eu. Acho que nem a mãe dele é mais fã do que eu. Para mim, falo para qualquer um, o maior de todos os tempos não foi o Pelé ou o Maradona, mas sim o Evair. “

Sei que parece populismo, ou mesmo exagero, porém esta é a opinião de vários palestrinos que conheço, mas poucos têm coragem de assumir isso publicamente.

Por falar em eleições, não entrevistamos nenhum candidato simplesmente pois vários veículos da grande mídia já fizeram isso, mas principalmente porque as eleições no clube são indiretas.

Ou seja, de que adianta entrevistar um sujeito para milhares de leitores sendo que apenas trezentos gatos pingados vão votar nele?

Claro que vamos entrevistar o vencedor, e talvez também os perdedores também para saber se eles pretendem seguir a vida, ou se continuarão sabotando o eleito (e o clube).

Abraço a todos!