Valdivia joga bem e Verdão detona São Bernardo

valdivia_sbc


Com boa atuação de Valdivia, que de quebra ainda fez um gol, o Palmeiras venceu na noite desta quinta-feira (31) no estádio do Pacaembu o São Bernardo pelo placar de 3 a 0. Embora o adversário tenha se mostrado bastante frágil, ao menos o Verdão mostrou um futebol melhor do que nas partidas anteriores.

Apostando em uma formação mais ofensiva, o Palmeiras entrou pressionando seu adversário desde o início, e logo no início Vinícius levou certo perigo em bom chute ao gol. Aos 10 minutos, foi a vez de Maikon Leite quase abrir o marcador. Mas a marcação alviverde mostrava deficiências e preocupava.

Aos 12 minutos, o São Bernardo chegou pela primeira vez com perigo, sendo que no minuto seguinte, Maurício Ramos por pouco não abriu o marcador a nosso favor. O maior susto sofrido pela Nação Alviverde ocorreu aos 24 minutos, quando o ex-corinthiano Fernando Baiano mandou uma bola na nossa trave.

A torcida alviverde começava a ficar com a pulga atrás da orelha, imaginando poder novamente vacilar perante um adversário risível. Mas aos 32 minutos, o zagueiro Régis quase fez um gol contra. No lance seguinte, Maikon Leite bate o escanteio, Valdivia escora de cabeça e Barcos abre o marcador.

O zagueiro Márcio Garcia cabeceou aos 34 minutos uma bola que arrancou arrepios dos torcedores do Verdão. Aos 39 minutos, Valdivia chuta forte e exige grande defesa do goleiro adversário, que aos 41 minutos também foi exigido em arremate de Barcos.

Com Valdivia solto e lançando boas bolas para seus companheiros, o Palmeiras voltou arrasador para a etapa final. Logo aos 5 minutos, Maikon Leite cruzou bola precisa para Valdivia desviar de cabeça. Aos 10 minutos, foi a vez de Barcos, novamente, finalizar uma boa trama dos comandados de Gilson Kleina e ampliar o marcador.

A partir daí, o Palmeiras ainda criou algumas boas chances, com Maikon Leite aos 12 minutos e Barcos aos 33 minutos, mas preferiu administrar o resultado, enquanto o fraquíssimo São Bernardo não criava perigo algum.

Patrick Vieira, Edilson e Wendell entraram nas vagas de Vinícius, Valdivia (que saiu aplaudido) e Ayrton, com o jogo se mantendo em nossas mãos. No fim das contas, o 3 a 0 não só se mostrou merecido como servirá para dar um pouco de tranquilidade ao time de Palestra Itália.