Valdívia é o nosso “novo” reforço para o restante da temporada

Confesso que não acompanho tão de perto o dia-a-dia dos outros clubes, mas duvido que tenha algum outro time no Brasil com tantas situações como essa.

Entrevista coletiva. Sala de imprensa lotada. Havia um clima de apresentação de um grande jogador no ar. A grande novidade, no entanto, é um velho conhecido da torcida palmeirense, o meia Valdívia.

Na tal coletiva, o meia deu explicações sobre a sua fracassada transferência para o Al Fujairah e também sobre as suas férias na com a família na Disney.

A história que ele contou foi exatamente o que Mondo Verde havia apurado nos bastidores. Fecharam o negócio com o filho do xeique, e o acordo seria concretizado depois do ramadã. Quando o pai voltou de viagem e viu o tamanho da conta, cancelou tudo.

Valdívia chegou a ser apresentado por lá, mas acabou voltando ao Palmeiras, que agora espera negociar o jogador com outra equipe. O que não vai ser nada fácil.

Amor ou ódio. Esta tem sido a relação de Valdívia com a imprensa e também com a torcida palmeirense. Para mim, estamos numa situação onde qualquer bom jogador é importante para o Palmeiras.

Pronto (e disposto) para jogar, Valdívia é um ótimo jogador para os padrões do futebol brasileiro atual. Se ele não se contundir novamente e estiver disposto a fazer uma boa temporada para sair em dezembro, trata-se do melhor “reforço” do ano até agora.

Bienvenido!