Vagner Love estreia com vitória no Verdão

Se a festa era pela chegada de Vagner Love, nada melhor do que o reestreante colocar a sua marca registrada em cena. E isso ocorreu na noite de hoje.

O Palmeiras conseguiu uma importante vitória em casa contra o Barueri por 2 a 1, e se manterá por no mínimo mais uma rodada na liderança, a décima consecutiva.

Usucapiamos a liderança do Brasileirão 2009! Diego Souza fez o primeiro e Vagner Love o segundo, de pênalti, o tento de número 50 do atacante com o manto sagrado alviverde. Um sonho realizado. E isso parece ser só o começo, pelo que se teve a chance de conferir hoje.

A primeira etapa não foi muito empolgante para as quase 24 mil pessoas presentes ao estádio Palestra Itália. A equipe sentiu as faltas de Pierre, Maurício Ramos e Armero, e se mostrou um pouco mais frouxa do que seria desejável em termos de marcação.

Por sua vez, a equipe do Barueri atuou de forma eficiente, e criou pelo menos quatro boas chances de gol, sendo duas evitadas pelo mais uma vez inspirado Marcos. Por sua vez, o Verdão até criou algumas boas oportunidades, mas novamente pecou pelas finalizações ineficazes.

A nota negativa ficou por conta do patético Cleber Wellington Abade, juiz capaz de, a menos de dois minutos de partida, dar cartão amarelo para Vagner Love em lance no mínimo discutível, e de errar com irritante constância contra o time da casa. E nosso novo/velho atacante e ídolo demonstrou muita disposição em campo. Ele até fez um gol de cabeça, anulado pela arbitragem.

Para o tempo final da partida, Muricy Ramalho preferiu não trocar jogadores, e sim, postura de jogo. Recuou Edmílson, que deixou de ser volante e virou terceiro zagueiro, compactou mais o meio de campo e empurrou Diego Souza, que atuou de forma apagada na metade inicial da partida, para o ataque. Deu certo. Logo aos 4 minutos, em ótimo cruzamento oriundo da direita do ataque palmeirense, Diego Souza cabeceou com estilo e abriu o placar a nosso favor.

Tocando melhor a bola e com tranqüilidade, o Verdão passou a ser menos ameaçado pelo adversário, e o segundo gol parecia questão de tempo. Até que, aos 27 minutos, pênalti a nosso favor, que Vagner Love cobrou com força. Dois a um. A festa nas arquibancadas foi uma das mais bonitas do ano, com Love justificando toda a sua fama. O Verdão perdeu mais algumas chances para ampliar ainda mais o placar, e aos 41 minutos, foi castigado.

Marcos fez nova defesa milagrosa, mas a bola ficou na área e, sem que nenhum zagueiro esboçasse reação, Leandro Castan chutou forte, fazendo o primeiro gol do Barueri. Mas já era tarde para tirar a vitória de quem de fato a mereceu.

uol_logoClique aqui para ouvir a Rádio Mondo Palmeiras – Especial com José Silvério.