STJD: até piscadinha do Deyverson pode ser motivo de punição

Suspenso por dois jogos, após uma cotovelada no lateral Mena, do Bahia, o atacante Deyverson agora pode ser punido mais uma vez pelo circo itinerante do STJD.

O procurador Felipe Bevilacqua de Souza cravou que o jogador pode ser DENUNCIADO PELA PISCADINHA que ele deu quando deixava o gramado no dérbi do último domingo. Será o primeiro caso de um julgamento (e condenação) por piscada na história humana.

Se não bastasse isso, a diretoria palmeirense vai encaminhar à CBF um relatório dos erros cometidos pelo árbitro Wagner Reway na semifinal da Copa do Brasil e que nos custaram um gol injustamente anulado no final da partida. Nem o VAR foi capaz de salvar o Palmeiras de mais essa.

“Foi um lance interpretativo. Não entro no mérito nem de acerto nem de erro. Por isso, não entra nos critérios de lance em que o VAR pode ser utilizado”, disse o Sergio Correia, da CBF, contrariando os critérios mencionados antes da partida pela própria entidade.

No último final de semana, pelo menos dois pênaltis deixaram de ser marcados a favor do Palmeiras. A vitória acabou diminuindo a revolta da torcida, mas fica a pergunta: até quando o clube continuará sendo prejudicado desse jeito?

Parece que desde que o Palmeiras se recuperou financeiramente e se fortaleceu, os erros aumentaram na mesma proporção do que a inveja dos rivais.

Esse certamente será um dos assuntos do BATE PAPO ENTRE AMIGOS desta quinta-feira.

Abraço a todos!