Sob pressão, Maurício Galiotte finalmente se pronuncia

Depois da eliminação na Copa Libertadores, o Palmeiras entrou em parafuso. Todos querem encontrar um culpado pelo desastre que tem sido esta temporada, mas não há um culpado por essa situação toda.

Vários erros foram cometidos por muita gente lá dentro e não cabe agora tentar uma caça às bruxas. No meio desse barulho todo, o presidente precisava se pronunciar. Ele fez isso hoje, falando ao blog do jornalista Paulo Vinicius Coelho, o PVC.

O presidente confirmou que cometeu erros tentando acertar, no que eu acredito plenamente, e confirmou que não vai ceder aos pedidos pela cabeça do Alexandre Mattos.

“Não vou mudar pessoas, não vou mudar a filosofia. O que não podemos fazer é perder o rumo e sabemos que estamos no caminho. O trabalho continua e não haverá mudanças. Cuca é o treinador, Alexandre Mattos o diretor de futebol.”, confirmou o cartola palmeirense.

Muita gente dentro do clube social adora falar mal do Mattos, mas ele é visto pela torcida como o melhor diretor esportivo do País. Ele precisa de respaldo para seguir fazendo o seu trabalho. Gostem dele ou não, trata-se de um profissional muito bem preparado para esse cargo. Mattos acerta muito mais do que erra e a sua demissão seria um erro irreparável.

Já o técnico Cuca precisa repensar melhor a forma como se comunica e, principalmente, se deseja continuar no comando da equipe para a próxima temporada. Apesar do título brasileiro, o treinador deixou de ser unanimidade faz muito tempo. Sei que agora ele terá tempo para trabalhar, mas o desgaste é enorme e…técnico no Brasil é como peixe na geladeira.

É isso, o presidente precisa mostrar que está no comando e, no fim do mandato, deixar o cargo como um grande líder. Ainda dá tempo.

Abraço a todos!