Sob pressão, Felipão enfrenta Carille em Itaquera

Parece inacreditável, mas alguém teve a ideia de promover um protesto em frente a Academia de futebol na véspera do dérbi. Só faltava essa.

Hoje, o elenco viaja para Itaquera onde enfrenta o principal rival num jogo que vale muito mais do que apenas três pontos. Podemos citar: 

* a quebra de um incômodo jejum de vitórias com esse Carrile. É incrível como esse treinador consegue vitórias magras sobre o Palmeiras. Chega!

* a manutenção da superioridade palestrina no confronto direto. Desde que eu me entendo por gente, o Palmeiras tem mais vitórias no confronto direto sobre o rival. Manter essa supremacia é questão de honra.

* Não deixar o Santos se isolar na liderança do Brasileirão. O empate com o Vasco foi uma tragédia e faz com que o Palmeiras seja obrigado a vencer hoje. 

A principal dúvida do Felipão para esta partida é sobre o comando do ataque. Será que o Miguel Borja está recuperado? Espero que sim. Torço por ele e não quero ver o Deyverson de novo em campo. 

O Gustavo Scarpa merece mais uma chance entre os titulares? Boa parte da torcida acha que sim, mas o Felipão deve manter o Raphael Veiga no time. No mais, é aquilo mesmo que vimos contra o fraco Godoy Cruz. 

O provável time é o seguinte: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga (Gustavo Scarpa); Willian, Dudu e Miguel Borja (Deyverson).

O melhor pós-jogo de Corinthians x Palmeiras você acompanha aqui no Clube Mondo Verde.

Abraço a todos!