Situação de Valdívia pode ser definida nesta semana

O Paulistão 2015 faz parte do passado. Apesar da “ressaca” da final, temos agora que olhar pra frente e começarmos a pensar no time que teremos no Campeonato Brasileiro.

Além dos reforços que a diretoria promete trazer, a renovação do contrato de Valdívia deve ser decidida nos próximos dias. Pelo menos foi isso que o treinador Oswaldo de Oliveira disse após a final.

“Não temos nenhuma novidade. Inclusive, eu propus isso ao Valdivia, para esquecer um pouco agora, era momento de finais. Acredito que, nesta semana, vamos ter uma decisão”, disse o treinador.

O contrato de Valdívia vai até o dia 17 de agosto e seu pai deve voltar a negociar com a diretoria nos próximos dias.

Depois de tudo que Valdívia (não) mostrou nesta temporada será que vale a pena renovar com ele?

Esse será um dos assuntos do podcast “nave mãe” desta segunda-feira. Fique ligado.

*******

Voltando ao jogo de ontem.vLeia abaixo a carta do conselheiro palmeirense enviada ao presidente da FPF.

Ilmo. Sr.
Reinaldo Carneiro Bastos,
M.D. Presidente da
Federação Paulista de Futebol.
Com cópia para o Dr. Américo Calandriello.

Primeiramente, quero enaltecer a conquista do Santos Futebol Clube, instituição de que os meus pais eram torcedores e pelo qual tenho grande simpatia, por razões afetivas e também pelo legado ao futebol. Este seria motivo mais do que suficiente para comparecer à cerimônia de premiação do Campeonato Paulista de 2015, atendendo a honroso convite que o senhor me fez.
Mas não estarei presente.

E a razão é simples. Não me sentiria bem dividindo o mesmo espaço com o coronel Marinho, um profissional que, nos últimos anos, se dedica sistematicamente a prejudicar o Palmeiras nas competições dessa Federação, como ocorreu lamentavelmente mais uma vez no dia de ontem.
A desastrosa atuação de um árbitro escolhido por ele influiu diretamente no resultado da partida e, por conseguinte, manchou com as cores da vergonha uma das competições mais tradicionais do esporte brasileiro.

Por isso, é inexplicável a permanência dele à frente da comissão de arbitragem, mesmo depois de causar tanto prejuízo ao futebol paulista, razão pela qual, em protesto, devolvo os convites que o senhor me enviou.

Pergunto ao senhor: que formação tem este coronel para dirigir a Comissão de Arbitragem? Que árbitro foi revelado por ele na competição que é modelo para os outros Estados, brilho que, aliás, se deve à seriedade e competência dos clubes que integram essa federação?

Chega a ser ofensiva a manifestação do senhor coronel após a partida, que deu nota 9 para atuação de seu pupilo, conforme publicado na imprensa. A esse propósito, sugiro a leitura de cópias anexas. No texto do UOL, coronel Marinho é citado por aprovar com louvor a atuação do árbitro. A reportagem do Lance analisa a desastrosa atuação do juiz.

Aproveito para salientar que o senhor, presidente Reinaldo Carneiro Bastos, continua, pessoalmente, a desfrutar de meu respeito e admiração.

Nelo Rodolfo
Vereador