Será que a nossa diretoria vai ver a final da Libertadores?

Eu irei, vou torcer para o time mexicano, mesmo sabendo que suas chances são bem pequenas.

Olha, confesso que toda a vez que vejo um jogo do Inter, me lembro quando, em 99, “ajudamos” o time gaúcho a permanecer na primeira divisão. Ironicamente, o Dunga marcou um gol.

Na ocasião, o Inter era um “doente terminal”, vivia de passado, até que uma nova diretoria chegou cheia de idéias e trouxe oxigênio ao clube, com destaque para o ótimo Fernando Carvalho (que deveria servir como modelo para outros cartolas do futebol brasileiro).

Reclamando contra arbitragens, montando times competitivos (que é a obrigação de um cartola de time grande), e construindo um vitorioso programa de sócio torcedor, esse pessoal tirou o time do limbo e do ostracismo.

Com uma torcida muito menor que a nossa, eles já têm um departamento de marketing há anos, enquanto nós apenas agora contratamos um profissional dedicado para isso. Antes tarde do…

Assim como o Inter há alguns anos (e o Vasco nos dias atuais), precisamos de novas lideranças, e muito oxigênio em nossas tribunas.

Mas enfim, vou torcer contra os gaúchos hoje. E torço também para ver o Palmeiras vencedor novamente…e logo.

Abraço a todos!