Sem Dudu, Palmeiras mete quatro no Atlético-PR

Bem, o Cuca pediu tempo para trabalhar. Além disso, ele também pediu para que fossem feitas alterações no elenco, pois era impossível montar um time pra jogar do jeito que ele queria com jogadores que foram solicitados por outros treinadores.

Ele não teve tanto tempo assim para acertar a equipe. Foram apenas duas semanas de treinos físicos em São paulo, além de uma Atibaia, dedicada aos treinos táticos. Neste sábado, contra o Atlético-PR, vimos que Cuca mesmo certo e que esse time pode mesmo brigar pelo título do Campeonato Brasileiro.

Já deu pra ver que esse time tem variações táticas, tem ótimas peças de reposição e muita velocidade. Com o Barrios pelo meio e, pelas pontas, Gabriel Jesus e Roger Guedes, ficou complicado para a defesa do Atlético-PR. Em breve, ainda teremos o Dudu, o pequeno gigante em campo.

Pelo meio, Cleiton Xavier fez uma das suas melhores partidas com a camisa do Palmeiras. Preciso nos lançamentos e assistências, ele pode ser chamado de CX1000 até segunda ordem. Alguém se lembra do Robinho?

Outro destaque da partida foi o lateral Tche Tche. Fiquei abismado com o desempenho dele nos treinos durante a semana e ontem, apesar do nervosismo inicial, o cara depois arrebentou em campo. Logo de cara, já começou invertendo a posição de lateral com o Jean, que voltou a jogar (bem) como volante!

Um pouco mais tarde, em Curitiba, o Lucas fez duas faltas seguidas e foi expulso. Logo em seguida, pelo lado esquerdo do ataque, o Coritiba conseguiu espaço para marcar o gol da sua vitória sobre o Cruzeiro. Mais um acerto do Cuca!

Apesar de algumas mudanças nas regras, a arbitragem continua mesma. O nível continua péssimo! O árbitro Bruno Arleu de Araújo deixou de marcar um pênalti claro em Gabriel Jesus e depois quase expulsou Lucas Barrios. Sorte que o Cuca gritou muito na orelha do bandeirinha que acabou comunicando ao árbitro sobre o erro absurdo que ele iria cometer.

O argentino não marcou nenhum gol, mas fez um belo papel de garçon em vários momentos da partida. Nos treinamentos de Atibaia, Gabriel Jesus também colocou Barrios na cara do gol várias vezes, mas hoje foi a vez do garoto fazer os seus gols.

Gabriel marcou dois golaços e deixou a gente aqui torcendo para que nenhum time europeu pague a multa rescisória e o tire daqui. Acho difícil que ele fique até o final da temporada, mas sonhar não custa nada.

Também estamos torcendo para que o sábado chegue logo, que o Dudu possa jogar em Campinas e que o Palmeiras faça mais uma ótima partida contra a Ponte Preta. Além dos três pontos, a confiança é algo importantíssimo para esse “novo” Palmeiras que vem forte por aí!

Cuca? Continuo confiando nele!

Abraço a todos!