São Marcos, e quando sairá esse gol?

marcos_gol_cabeca

Já virou rotina no final das partidas do Palmeiras. A coisa aperta, acontece uma falta na intermediária, ou um escanteio, e lá vai o São Marcos correndo para a área ajudar o time.

No último jogo, contra o Atlético Paranaense, o nosso ídolo quase cabeceou a bola, e também quase fomos surpreendidos por um contra-ataque. Nenhuma das duas coisas aconteceu, mas o batimento cardíaco de todos os palmeirenses (inclusive o meu) foi lá nas nuvens.

Na padaria, no restaurante, na banca de jornal, todos comentam sobre as idas de Marcos ao ataque. Uns são a favor, outros contra. Os pró-Marcos afirmam que ele tem que ajudar o time no ataque. Como um palestrino de coração, Marcos não aguenta ficar lá atrás vendo tudo (ou nada) acontecer.

Já os que não concordam, dizem que o goleiro é muito emocional, e isso pode, neste caso específico, vir a prejudicar a equipe em partidas decisivas.

Para mim, se estivermos nos acréscimos e a partida estiver difícil, o Marcos tem que ir mesmo pra área, e seja o que Deus quiser. Já vi ele fazendo gol de cabeça em rachão, e sei que ele sabe jogar na linha de verdade. Só não sei o que acontecerá nas arquibancadas do Palestra se ele fizer um gol…melhor nem pensar nisso.

E o que você acha?