Salários atrasados: o que a gente tem a ver com isso?

Acordei mega cedo hoje (terça-feira) e, por acaso, vi na ESPN Brasil, matéria sobre o Palmeiras. Algo sobre o empate tirado na raça contra o Atlético do Paraná? Nadinha. Informações sobre nosso elenco? Menos ainda. Alguma expectativa sobre o jogo contra o Vasco, por sinal o único do Brasileirão no meio da semana? Nem uma palavra. O repórter André Kfouri só queria fazer duas perguntas ao jogador Neto Baiano, designado para a entrevista coletiva: se os salários dos atletas do Verdão haviam de fato sido pagos, e sobre a situação política do clube, que como todos sabem está em vésperas de eleição.

Aí, cabe a pergunta: será que de fato interessa para você, palmeirense, saber se os jogadores recebem ou não seus salários? Isso é uma questão interna do clube que só diz respeito ao clube e aos atletas, a mais ninguém. Naquele momento, eu queria saber do Neto Baiano como foi fazer seu primeiro gol com a camisa do Verdão, como ele encarou jogar para um Parque Antarctica lotado, e também a expectativa dele para o jogo contra o Vasco. Perguntas que ficarão sem respostas, pois os jornalistas, humilhando o pobre jogador, simplesmente se recusaram a fazer outras questões que não aquelas pré-concebidas, típicas para tentar gerar confusão.

Quando o Paulo Baier, na semana passada, também se recusou a comentar sobre problemas internos do Palmeiras e disse sobre o fato de os jogadores terem medo de a imprensa distorcer suas palavras, houve quem reclamasse sobre a tal “liberdade de expressão”. Pois as palavras do Ala Artilheiro se mostraram sábias. Abaixo os criadores de crises artificiais. Viva o Palmeiras. Sei que a função da imprensa não é levantar a bola do Verdão, mas também não deveria ser tentar afundar ainda mais o time. Nem humilhar jogadores jovens e de futuro, como Neto Baiano. É por essas e por outras que surgiu Mondopalmeiras. Porque ninguém agüenta mais essa prepotência de setores da imprensa, que literalmente c**** (píiiiiii) e andam para nós, pobres torcedores, que só querem informações relevantes sobre seu time de coração.