Rony vem por aí. E o que o espera?

Seis milhões de Euros. 28 milhões de reais. Pagos em quatro prestações anuais. Aparentemente, é um bom negócio, pois se trata de um bom jogador. Um dos melhores da temporada 2019.

O que não dá para esquecer foi a negociação de 40 dias. Rusgas entre o staff do atleta e a diretoria do Athletico quase impossibilitaram a transferência do atleta de 24 anos. 

Depois de tantas dificuldades, idas e vindas, além de declarações de pessoas envolvidas no negócio, o atleta chega com um peso diferente. Ele vai ter que jogar muito bem para que a desconfiança do torcedor vire algo do passado.

Ninguém vai lembrar dessa “novela Rony” caso ele faça ótimas partidas logo de cara. Com gols, de preferência. Caso isso aconteça, ele pode atuar na vaga do Willian Bigode que, por sua vez, pode jogar como centroavante. 

O Luiz Adriano é bom jogador, mas não dá pra contar com ele sempre. Outra alternativa (menos provável) é que o atacante gaúcho seja recuado para o meio campo. Rony, Bigode e o Dudu jogando mais na área.

Seja como for, o Rony vai usar a camisa 11 no Palmeiras e chega para ser um dos protagonistas no ataque. Quanto tempo vai levar para que isso aconteça de fato é um problema. Se ele for rápido, ninguém vai lembrar da novela e ele ainda tira o peso de cima dos garotos do time. 

Boa sorte, Rony!

Abraço a todos!