Verdão ganha em Floripa e volta ao G 4

O Avaí pode até não ser a seleção holandesa de 1974, mas ganhar fora de casa não costuma ser tarefa tão fácil no campeonato brasileiro. Portanto, vale comemorar o triunfo por 3 a 0 contra a equipe catarinense, que nos impulsionou de volta ao G 4. Com os três pontos adicionais, ocupamos agora a quarta colocação na competição, com 16 pontos, mesma pontuação do Vitória, que está a nossa frente por ter uma vitória a mais. O Inter é o líder, com 20 pontos, seguido pelo Atlético Mineiro em segundo, com 18 pontos. Ou seja, quem assumir o time terá um ambiente tranqüilo, em termos de brasileirão.

O interino Jorginho Sobrancelha entrou em campo com um 4-4-2, arriscando com Fabinho Capixaba na lateral direita, e mantendo Danilo, Maurício Ramos e Pablo Armero, titulares na maior parte do ano. No meio, Pierre teve a seu lado a eficiência e a garra de Souza, com Cleiton Xavier e Diego Souza se incumbindo da criação. No ataque, Obina fez dupla de ataque com Ortigoza.

Desde o começo, o Avaí veio para cima, mas suas limitações eram visíveis, e os contra-ataques alviverdes foram sempre perigosos. Obina teve sua primeira chance aos 5 minutos, concluindo para fora, e a segunda aos 16, chutando fraco. Mas, aos 24, ele foi derrubado na área adversária. Pênalti, que o atacante cobrou com precisão no canto direito de Eduardo Martini. A partir daí, o time catarinense teve duas boas chances, uma aos 32 minutos, com grande defesa de Marcos, e outra aos 43, com cabeçada do zagueiro Emerson que bateu na trave.

Na etapa complementar, o Verdão continuou seguro de si, e logo aos 7 minutos, Obina fez seu segundo gol na partida. A jogada se iniciou em boa cobrança de falta de Cleiton Xavier, escorada de cabeça por Diego Souza para o ex-flamenguista fazer seu quinto gol no Brasileirão.

O Avaí até que tentou reagir, contando com o esforço de seus melhores jogadores, Muriqui e Marquinhos, mas Marcos mostrou porque é chamado de santo pela torcida alviverde. Aos 29 minutos, a pá de cal na sepultura catarinense: Cleiton Xavier chuta forte da entrada da área, aproveitando rebote de jogada iniciada por Diego Souza.

Depois, mais milagres de Marcos, e a garantia de uma boa vitória.