Renovação com o atacante Henrique ficou para 2015

O contrato do Palmeiras com o Henrique, artilheiro do Campeonato Brasileiro, termina agora no dia 31 de dezembro. O Palmeiras tem a prioridade na compra do atacante, que está na mira de outros clubes.

A ideia da diretoria palmeirense é adquirir 50% dos direitos do atleta com a ajuda de investidores. O Palmeiras tem até dia 31 para exercer a cláusula de preferência no contrato de empréstimo do Henrique com o Mirassol, mas esta decisão vai ficar apenas para 2015.

Sei que o mercado de futebol no Brasil está inflacionado, mas acredito que R$6 milhões por um atacante como o Henrique é um pouco demais.

Ele marca os seus gols, mas perde muitos outros também e participa pouco dos jogos.

É inconcebível que Henrique continue no Palmeiras como centroavante titular. Ele pode seguir no elenco, mas apenas como uma boa opção para o banco de reservas.

Vale pagar R$6 milhões para contratar um atacante reserva? Melhor enfiar uma grana dessas num centroavante “top”. Por falar nisso, e o Fred? Esse sim, viria para resolver.

Abraço a todos!