Quem voltou bem da parada? Quem está muito mal?

No dia 22/06, o Palmeiras retornou ao gramado de Itaquera depois da maior parada de sua história. Foram quatro meses sem jogos por conta da pandemia. 

Todos os times brasileiros estão apresentando um futebol abaixo da média, que já não é alta. E no Palmeiras? Quem voltou bem? Quem tá mal? 

– Marcos Rocha: nem parece que ficou tanto tempo sem jogar. Continua firme na marcação e apoia bem no ataque, mesmo com os atacantes em baixa. Infelizmente, ele sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda e vai ficar de fora das próximas partidas. 

– Patrick de Paula: é a grande surpresa e sensação do Palmeiras neste retorno. Esbanjou personalidade na final do Paulistão e vem jogando bem, mesmo jogando sozinho no meio-campo em alguns momentos. No clássico contra o Santos, o garoto saiu de campo como o melhor jogador da partida. 

– Rony: não conseguiu jogar até agora. Corre muito e joga pouco. Individualista demais, erra nas finalizações e raramente busca os companheiros que estejam bem colocados na área adversária. 

– Gustavo Scarpa: o meia parece que não quer mais jogar. Sempre que entrou na segunda etapa, atrapalhou o time. Não dá mais pra ele.

– Ramires: mesmo com todas as chances do mundo, o atleta apenas demonstra que realmente não tem mais condições de atuar em alto nível. Já foi um jogador excepcional. Foi.

– Weverton: Falhou na primeira partida e foi criticado demais.  Depois disso, o goleiro teve ótimas atuações, inclusive na final do Paulistão. Garantiu a vitória no clássico deste domingo ao fazer uma grande defesa na segunda etapa.  

Apesar destes destaques positivos e negativos, o time pode jogar muito mais e mostrou isso contra o Santos. Esta semana livre de jogos pode ajudar o elenco nesta retomada. 

Vamos falar muito mais sobre o clássico hoje, no “nave mãe” do Clube Mondo Verde.

Abraço a todos!