Quem vai seguir os conselhos de Gilto Avallone?

Por Flavio Canuto

Nem vou perder o meu tempo aqui relembrando as inúmeras barbaridades que o advogado Gilto Avallone cometeu nos últimos anos na condição de sócio e conselheiro da S.E Palmeiras.

Para quem ainda não ouviu falar desse sujeito, eu recomendo ótima reportagem do jornalista Juliano Costa sobre o Dr.Gilto:

http://glo.bo/moJnfY

Aliás, a reportagem expõe tanto o conselheiro (que na foto acima divide a mesa com Mustafá Contursi e Arnaldo Tirone), que o Juliano dificilmente vai conseguir contratar Gilto como seu advogado, caso queira.

Ali, ele confessa abertamente que passa boa parte dos seus dias abastecendo o seu site, e divulgando informações e documentos, que ele obtém como membro do COF (Conselho de Orientação e Fiscalização), para jornalistas e blogs que não passam uma semana sem divulgar algum documento interno ou contrato do Verdão.

Os danos causados por esse tipo de conduta irresponsável são incalculáveis para a imagem do clube. Mesmo quando as coisas vão bem dentro de campo, o Palmeiras tem a sua imagem ligada a alguma crise “interna”, tem que lidar com o vazamento de documentos, etc…

Mesmo nas piores ditaduras da história, sob severa repressão policial, surgem movimentos de oposição dispostos a mudar o rumo das coisas.

Aí eu pergunto: dentro do clube, assim como nós aqui fora, o pessoal não está estão indignado com o Sr. Gilto Avallone? Não é possível que essa reportagem, além de outros tantos atos, não sejam suficientes para que o Sr.Gilto seja expulso do quadro de associados do Palmeiras.

Sei que as coisas não são tão simples. Quase nunca são quando temos regulamentos, normas, etc. Mas vendo aqui de fora, parece que milhões de torcedores são reféns de uma meia dúzia de “Giltos” que há décadas vão destruindo impunemente a grandeza desse clube. Até quando?

Abraço a todos!