Que história é essa de Tiago Treichel?

Na edição do dia sete de setembro, na coluna Painel FC, assinada por Ricardo Perrone, foi publicada nota extremamente preocupante para nossa torcida. A mesma diz o seguinte: “ Teste -Tiago Treichel, que o Palmeiras só não descartou devido a uma multa de R$ 20 milhões prevista no pré-contrato, será observado o time B. O vice José Cyrillo Jr. se encantou ao vê-lo num DVD, por isso, assinou o documento. De perto, seus colegas acharam o jogador acima do peso”.

E tem mais. “ Vale quanto pesa? -A liberação de Tiago na Bulgária custou U$ 300 mil. Ele receberá R$ 15 mil mensais. Os palmeireses asseguram que, se não for aprovado, o contrato será rescindido sem multas”. Suspeito, heim? E tem coisa pior, publicada na edição de hoje (14 de setembro) na mesma Folha, no mesmo Painel: “ Sob Ameaça -O Palmeiras corre o risco de ser punido pela Fifa por ter acertado a contratação do atacante Tiago Treichel com a Rosa & Garbim Comercial e Distribuidora. Deveria ter negociado com o clube búlgaro em que ele atuava, ou com um agente Fifa……….Se for denunciado à federação, o Palmeiras pode ser suspenso e ter diretores afastados”.

E por aí vai. E vai mal.

Isso é um escândalo sem tamanho, principalmente porque até agora a diretoria do Palmeiras não se manifestou sobre tal fato. Detalhe: o tal jogador, que estava na Bulgária (????), vai morar no mesmo prédio do Edmundo (adivinhe quem irá pagar o aluguel?), e só jogará no Palmeiras B. Quinze mil para jogar na segundona? Eu quero esse emprego! Além de ser prato cheio para a oposição do clube, às vésperas de eleição, é também acusação bem pesada nas costas do vice José Cyrillo Jr, que, dizem, é da turma do Mustapha. Que esses esclarecimentos apareçam logo, pois fica difícil entender o porque o time contrata jogadores como esse e os Boiadeiros da vida, e não traz quem de fato resolveria, tipo Luis Fabiano. Muito suspeito mesmo. Com a palavra, a diretoria do Verdão.