Quase vencemos lá no Sul, mas ganharemos aqui!

Chegou a hora da decisão. Tudo bem que várias partidas do Campeonato Brasileiro também são partidas decisivas, mas na Copa do Brasil o clima é totalmente diferente.

Um empate hoje por 0 a 0 nos garante nas semifinais da competição, provavelmente contra o Grêmio, mas ninguém está pensando nisso. Precisamos vencer pra passar com moral e seguir brigando entre os primeiros colocados no Brasileirão.

Ah, também tem essa coisa de não vencer o Internacional desde 2010. O Palmeiras fez uma boa partida no Beira Rio, mas ainda assim não conseguiu vencer lá.

O jogo de domingo só acabou sendo bom mesmo por causa do gol de cobertura do Robinho. Fizemos uma partida péssima, mas acredito que veremos uma apresentação melhor hoje.

Bem, uma das minhas preocupações é o péssimo estado do gramado do Allianz Parque. Se a coisa já não estava boa antes dos shows de Katy Perry e Rod Stewart, imagine agora. As fotos tiradas ontem mostram que pelo menos parte do campo está bem danificada.

Enfim, esse problema vai persistir até que o Allianz Parque esteja na mão de uma empresa realmente séria e qualificada para administrar uma arena deste porte.

Voltando ao jogo, não teremos o Thiago Santos no meio-campo, pois ele já atuou na Copa do Brasil defendendo o América-MG. Aliás, a principal dúvida de Marcelo Oliveira é justamente sobre o seu substituto: Amaral ou Zé Roberto?

Se o Zé estiver 100%, acredito que ele vai optar pelo veterano que marca bem e tem uma saída de bola muito melhor. Arouca, que cumpriu gancho no domingo, também estará de volta.

Outra boa notícia é o retorno de Dudu. O atacante, aliás, cumpriu o seu último jogo de suspensão no domingo e no domingo também joga contra a Chapecoense. Com ele, nosso ataque fica muito mais veloz, sem falar que o Gabriel Jesus e Lucas Barrios crescem muito com ele em campo.

O provável Palmeiras que vai a campo é o seguinte: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Zé Roberto (Amaral) e Arouca; Dudu, Robinho e Gabriel Jesus; Lucas Barrios.

Abraço a todos!