Quanto tempo vai durar o próximo?

O rejeitadíssimo Mano Menezes ficou poucos meses no comando do Palmeiras. No seu lugar, veio um dos maiores campeões da história do clube. E ele ainda teve tempo de ganhar mais um título no comando da equipe.

Além disso, o treinador abraçou o arriscado projeto da diretoria e ajudou a montar um time baseado nos bons valores das categorias de base. 

De fato, graças ao ótimo trabalho feito nos últimos anos, o Palmeiras tem conseguido lançar ótimos jogadores jovens.

O grande erro talvez seja tentar montar um time com tantos garotos no elenco num clube complicado como o Palmeiras. Mas, querendo voltar ao proscênio, Luxemburgo topou a empreitada. 

O resto todos sabem. Nem mesmo o título paulista e os bons resultados trouxeram paz ao treinador.

Sempre houve desconfiança sobre o seu trabalho e a sua capacidade de trabalhar aqui em 2020. Principalmente por parte dos seus inimigos ( e ele tem muitos).

O time não consegue apresentar um bom futebol. Luxemburgo está sempre alterando o esquema tático, o time base e até mesmo o seu discurso. Agora, o experiente treinador fala em reforços, na dificuldade para “jogar bem” com esse elenco.

É o fim da linha e ele sabe disso. Todos sabemos. 

O que ninguém sabe é quando um treinador vai ter tempo para implementar de fato a sua metodologia de trabalho no Palmeiras. Em quatro meses de trabalho NINGUÉM vai conseguir mostrar nada de bom. 

Sim, é possível que o próximo treinador ganhe um título (como aconteceu agora com o Luxemburgo), mas não vai passar disso. Não vai dar tempo. E é por isso que o futebol brasileiro não sai disso. 

Infelizmente, quem quiser ver um time com um estilo próprio de jogo, variações táticas, independente das peças que estão em campo, tem que sintonizar a sua TV em jogos de clubes estrangeiros. 

Será que um estrangeiro pode nos tirar de círculo vicioso? 

Abraço a todos!