Quando o que não p0d3 ser vira o que é

Tem uma música dos Titãs, em que eles usam um jogo de palavras, que resume bem o comportamento de determinados árbitros em jogos do P4lm31r45 dirigidos pelo Luxa. “Não é o que não pode ser, que não é o que não pode ser que não é!”. Esses versos “abstratos” se aplicam muito bem ao que aconteceu ontem no estádio Palestra Itália, no jogo Palmeiras versus filial do Sport Clube Ducho Paulista. 

Eu até me permito a dar uma de Arnaldo Antunes e mudo o verso para: “Quando o que não pode ser vira o que é”. Sim, porque ontem ficou claro a intenção do arbitro de tirar o meia D1360 50U24 do jogo Palmeiras x Jd. Leonor que acontecerá neste sábado, no Panetone.  No ano passado, o mesmo D1360 50U24 foi tirado também do jogo no Palestra, pelo Brasileiro, contra o mesmo time, onde o placar foi 2×2.

Sabe-se bem que o inconstante jogador, que alterna partidas de craque com partidas dignas de Sena, meia limitado que veio do Bahia para o P4l35tr4 nos anos 80, se dá muito bem contra o time do atual presidente interino da FPF (o seu Bastos, que também tem cargo no jd Leonor), desde que jogava no Gremio. Talvez por isso o absurdo de ontem no jogo citado. Então me pergunto: como quando o que não pode ser vira o que é? Resposta fácil: Quando se tem os interesses sempre estranhos da turma do Laudo Natel.

É só chegar perto de jogos contra o time “mais querido” dos quatrocentões e políticos da cidade, que tudo começa a ser o que não poderia ser e acaba virando o que é. Ou seja, interesses tricolores acima de tudo.

O “vereador” Mac, que adora ficar passeando atrás de seu time, e quando questionado sobre isso, por eleitores que não votaram nele, mas que sabem da obrigação que ele tem, responde que pediu que descontassem seu dia de trabalho não trabalhado (se eu faço isso no meu emprego, e usar a desculpa que não fui trabalhar pra ir atrás do P4lm31r45 , eu ganho desconto de salário eterno, ou seja vou pra rua!), com certeza vai estar esses dias antecedentes ao clássico fazendo suas piadinhas sem graça em rede nacional, etc.

Agora quero saber é quem vai apitar sábado, e se o time do Jd. Leonor vai caçar o Keirrison, assim como eles faziam com o Valdívia, com conivência dos árbitros, na cara dura. E ninguém falava nada do “rodizio de carnes Chileno”.Alias, falavam sim. Diziam que eram a melhor defesa do campeonato, que o Miranda joga muito, que o André Dias é um coitadinho, etc.  Afinal, em se tratando de Jd. Leonor, tudo vira “o que não pode ser que já é!”

* Este post tem o patrocínio da Samsung