Qual será o nosso papel na Copa Libertadores de 2013?

“Poxa, o time na zona da degola e o cara me vem falar de Libertadores?”, esse deve ser o pensamento da maioria dos leitores ao ver o tiítulo desse post.

Mas não vejo como separar uma coisa da outra, da mesma forma como não vejo como pode ser possível formar uma equipe competitiva para a Libertadores contratando jogadores na semana do carnaval…prática bem comum dos cartolas palmeirenses desde que me entendo por gente.

O Brasileirão deste ano, se o clube fosse minimamente organizado, serviria como plataforma de preparação da equipe que irá nos representar na Libertadores 2013, com uma ou outra mudança no elenco.

Com exceção do atacante Obina, que soa mais como aposta que como reforço, ninguém foi contratado até o presente momento (apenas para suspeito Palmeiras B) e ainda perdemos o lateral Cicinho. Como o período de transações entre os clubes internacionais já se encerrou, fica cada vez mais difícil trazer alguém até o final da temporada.

De repente, um jogador que não deu certo em outro clube brasileiro ou um jovem talento sul-americano podem pintar, mas nessas negociações precisamos sobretudo de fé cega e muita sorte.

Outra alternativa seria dar mais oportunidades para os garotos da base durante a competição nacional antes de definir quem fica para a Libertadores do próximo ano. João Denoni ajudou a anular o meio-campo do Inter no sábado, mas só entrou porque Massaraújo se contundiu…ele (e os outros garotos da base) raramente têm chances no time principal.

Outro fator que está emperrando as coisas é essa indefinição sobre o destino de Felipão. Se ele está esperando o que vai acontecer nas eleições, só vamos saber se ele continua mesmo em janeiro…e isso quase que impossibilita qualquer tipo de planejamento decente.

Ou seja, do jeito que as coisas estão se encaminhando seremos meros figurantes na Libertadores do próximo ano. Confesso que não me lembro de nenhuma equipe que tenha sido montada às vésperas do ínício do torneio continental e que tenha obtido algum sucesso.

Para quem não era nascido (ou não se recorda), aquele Palmeiras que levantou a taça em 1999 foi montado bem antes do início da temporada, levantou duas taças em 1998 e apenas foi reforçado no ano da conquista.

Ainda dá tempo de parar de pensar apenas em fugir do rebaixamento no Brasileirão, mas se nada de diferente for feito…só nos restará ficar olhando as fotos da conquista da Copa do Brasil 2012 no ano que vem…

[poll id=”38″]