Proposta do Catar chega num momento oportuno para o Dudu

Esta semana realmente está difícil para o torcedor palmeirense. Em poucos dias, tivemos:

– a “devolução” do Deyverson.

– a suposta agressão do Dudu contra a ex-esposa.

– Cirurgia do professor Luxemburgo (que passa bem, obrigado).

– CBF ameaçando marcar o início do Brasileirão para o início de agosto, o que iria beneficiar quem começou a treinar antes.

– uma proposta para o Dudu sendo negociada pelos agentes do atleta.

Ainda é cedo para falar sobre valores (saberemos mais sobre isso em breve), mas já deu pra perceber que desta vez a iniciativa partiu de sair partiu do estafe do jogador. Essa proposta não é nova.

Outras tantas ofertas apareceram para o Dudu, que é um ídolo palmeirense, além de ser o principal jogador do elenco. Vieram outras da China e do próprio Oriente Médio. 

Para garantir a “continuidade do projeto”, o ex-diretor Alexandre Mattos sempre deu um jeito para manter o jogador no clube. O Mattos não está mais por aqui e o clube não tem condições de conceder outro aumento salarial para o atleta. 

Ainda não foi formalizada esta proposta do Al-Duhail (o que deve acontecer em breve). Porém, não acredito que o dinheiro seja a prioridade para o Dudu nesta fase da sua vida. 

O jogadores passam e o Palmeiras fica, senhoras e senhores. 

Abraço a todos!