Primeiro tempo: domínio total e vitória parcial

1 a 0 foi pouco. Desde o primeiro minuto, o Palmeiras dominou a partida e deixou o Santos completamente  encurralado lá atrás. Willians teve muita liberdade e disposição para criar, e também boas chances para marcar o seu.

No meio campo, Souza e Pierre reinaram absolutos. Mas foi dos pés de Obina que saiu o gol do Verdão aos 32 min. O Marcos só teve que trabalhar para fazer uma defesa numa falta batida pelo Fabão.

Daqui a pouco tem mais, e que continue assim. É impressão minha, ou o time está jogando bem mais solto, bem mais descontraído?