Estamos na final! No placar agregado, Palmeiras venceu o melhor time do continente

Estamos na final! No placar agregado, Palmeiras venceu o melhor time do continente

O Palmeiras fez uma partida histórica em Avellaneda. Venceu por 3 a 0 e poderia ter enfiado mais uns dois gols no adversário, que ficou atordoado. 

No jogo da volta, disputado no Allianz Parque, os garotos do time sentiram demais a pressão de uma partida decisiva contra um grande clube sul-americano. O Palmeiras não foi nem sombra do que vimos na Argentina. 

O River fez uma grande partida aqui. Mesmo com um atleta a menos em campo, o time argentino parecia que quinze atletas em campo. 

A pressão foi enorme, mérito também do seu treinador, que alguns diziam que já estava em decadência. Parecia que o Palmeiras não iria suportar o volume de jogo do rival e levaria uma avalanche de gols. Não levou. 

O River fez dois gols em 90 min no Brasil. O Palmeiras fez três na Argentina. Isso nos deu a vantagem no placar agregado. Vencemos e vamos para a final depois de 20/21 anos.

Cabe agora à comissão técnica detectar os erros cometidos, substituir os atletas que sucumbiram à pressão e se dedicar quase que exclusivamente a conquista do título sul-americano. Temos ainda 17 dias antes da grande final.

Abraço a todos e PARABÉNS!


Comentários (0)

  • fatima
    porco!
  • Berlier
    Serao 17 dias de preparacao para as duas finais.Se ganharmos a Liberta ainda teremos o Mundial. final de temporada epica... estamos muito rabujentos. Bom lembrar que alguns meses atras estavamos com medo de cairmos para segundona. Avante Palestra!
  • Maílson Fernando Pereira
    Mesmo agora, resultado certo e garantido, você para pra pensar o que foi o jogo, ainda sobe um frio na espinha... NUH ... Enfim, merecemos chegar, pra um ano que estava praticamente perdido, duas finais e assustando rivais no Brasileirão. Óbvio que depois do que vimos ontem, é mais que necessário poupar jogadores e chegar com força máxima nas finais, mas ia ser engraçado demais a cara da imprensa se a gente garfa todos os títulos do ano. Dentro desses quase 20 dias, dá pra chegar forte, concentrado e com mentalidade (palavra de ordem) da mesma maneira que no primeiro jogo contra o River, ou naquela sequência antes do cansaço físico. Jogando aquela bola, seja Santos ou Boca, somos campeões.

Deixe seu comentário