Por que o Mago apanha tanto e ainda toma cartão?

O técnico Caio Júnior não esconde que o fato do meia Valdivia ter recebido 17 cartões amarelos no ano, 9 somente neste Campeonato Brasileiro, o incomoda.

“Ele é um atleta que representa muita coisa para o time, e sua ausência é claro que nos atrapalha, pelo craque que ele é.”

Para o treinador, Valdivia evoluiu muito desde que ele assumiu o comando da equipe no início deste ano.

“Ele cresceu demais. Evoluiu na parte tática, tem um índice de desarmes certos impressionante para um atleta de sua posição e é o jogador que mais dribla na competição. Também melhorou o chute, a aproximação junto à área e a recomposição na marcação”, disse.

Apesar das observações e das cobranças, Caio Júnior revelou que 50% das faltas sofridas por Valdivia não são marcadas.

O meia Caio, que formou uma boa dupla com Valdivia no clássico contra o Corinthians, tem a mesma opinião.

“O Valdivia é um jogador que vai mesmo para cima, sem se intimidar com a marcação. Ele sofre uma, duas, três faltas seguidas, e às vezes por isso os árbitros não se acham no direito de marcar todas elas.”

E qual a sua opinião, palmeirense? Por que o Mago apanha tanto e ainda toma cartão?

Ouça aqui a edição de hoje do Torpedo Verde.