A “indignação” deles saiu de férias?

arbitro_ricardo_marques

Na última semana, uma onda de indignação varreu o território nacional. Não, não foi a crise do senado, nem mais um escândalo em Brasília.

O motivo da grita na imprensa brasileira foi a arbitragem do jogo Cruzeiro x Palmeiras, no qual o time paulista teria sido favorecido. Até o JN entrou na campanha. Não vou entrar no mérito, pois já disse aqui que apenas o Jumar fez falta dentro da área. E só.

Ontem, o clássico do Morumbi foi marcado por dois erros de arbitragem tão clamorosos quanto aqueles que teriam sido cometidos em BH. A indignação da imprensa com relação a isso, no entanto, foi nenhuma. Os erros, que sim, alteraram totalmente o resultado da partida foram apontados apenas pelo presidente corintiano, sempre digerindo todos os “esses” que é capaz.

Este, apenas repetiu as palavras do presidente Belluzzo durante a semana, citando a pressão exercida pelo time do Jd. Leonor sobre as arbitragens, e como isso sempre funciona a seu favor. Aliás, qual será a punição que o árbitro Ricardo Marques receberá pela atuação de ontem? Advinhem.

Certamente, o discurso de Belluzzo e Sanches, o mesmo que vem sendo defendido aqui em Mondo Palmeiras e em outros sites palmeirenses há muito tempo, será desconsiderado por ser “parcial demais”, carregado de emoção, e “distante da realidade”. Merecerá apenas algumas notas de rodapé.

Realmente, a indignação deles foi pra bem longe neste final de semana. E a nossa?

uol_logoClique aqui para ouvir o Mondo na Rodada – Edição 35.