Pedro Carmona deixa concentração do Criciúma

Por Flavio Canuto

Como quase tudo no Palmeiras vira novela, a contratação do meia Pedro Carmona, do modesto Criciúma, também está complicada.

O atleta tem vínculo com o São José, de Porto Alegre, mas está emprestado ao clube catarinense que nega ceder o jogador antes do final do seu empréstimo.

Diante a dificuldade apresentada, o clube gaúcho entrou na justiça para conseguir a liberação do jogador, que hoje abandonou a concentração, e aguarda apenas que a sua liberação seja oficializada para que ele assine finalmente o seu contrato com o Palmeiras.

Se não entendeu, leia o comentário de Humberto Rímoli, cartola do São José, que resume bem o imbróglio.

“O jogador foi oferecido ao Criciúma e o Criciúma não quis (o São José tentou vender 50% dos direitos do meia, por cerca de R$ 2 milhões, mas o negócio não prosperou). Então, o vendemos ao Palmeiras e pedimos que ele se apresentasse aqui. Assim que a liberação for oficializada, ele vai para São Paulo”, disse Humberto.

Olha, nesses casos é melhor liberar o atleta logo, não tem jeito, é bobagem segurar um atleta que não quer ficar no clube, seja ele qual for.

Mas se o Criciúma quer tanto o jogador é porque ele deve ser bom de bola.

Será que é mesmo?