Passando a borracha nos erros e pensando na decisão!

E o Palmeiras perdeu mais uma vez em casa, desta vez para o Sport, time que ainda não havia conquistado nenhuma vitória fora de casa.

Jogamos mal com o time misto. Não fomos bem quando entraram os “titulares”. Enfim, dá até pra dizer que o Palmeiras é um time “político”, que promete muito e entrega pouco.

Estamos quase no final da temporada, mas o treinador ainda não conseguiu montar uma
equipe competitiva de verdade. Foram muitas as contratações, contusões e decepções, como o tal CX10 ou 08 ou 00, que jamais disse a que veio.

Enfim, a verdade é que com essa derrota de sábado, a nossa situação no Campeonato
Brasileiro complicou bastante. Apesar de estarmos apenas a dois pontos do quarto colocado, outros trocentos clubes tambem estão nesta disputa. E convenhamos, a regularidade ainda não é o forte desta equipe: foram quatro derrotas nos cinco últimos jogos!

A situação de Marcelo Oliveira não é das mais confortáveis. Pressionado dentro e fora do clube, o treinador tem demonstrado sinais de irritação quando se depara com perguntas (técnicas) nas entrevistas e não consegue achar uma saída para os problemas do time.

Chega a ser ridículo comparar o Palmeiras de 2014 com o Palmeiras de 2015. O elenco desta temporada, apesar de ter sido montado em cima da hora e com muitas deficiências em vários setores, é muito superior àquele que quase caiu no ano passado.

Talvez apenas em 2009 (o ano que nunca acabou, como dizem alguns), o Palmeiras montou uma equipe melhor do que esta. Mesmo jogando um futebol sem nenhum brilho, podemos conquistar esse título da Copa do Brasil. O mata-mata permite isso.

Com a possível volta de Robinho ao meio campo e o apoio incondicional da torcida que
deve lotar o Allianz Parque, o Palmeiras pode vencer o Fluminense e encarar o Santos em mais uma final. Daí então, a rivalidade fala mais alto e tudo pode acontecer.

Pensando friamente, eu não acredito nisso, mas vou torcer para isso. Torço e vou apoiar o time do começo ao fim para que o Palmeiras alcance todos os seus objetivos. E quais são eles?

Bem, para quem passou o ano de 2013 na Série B e o ano de 2014 tentando fugir dela,
disputar duas finais de campeonato é um feito e tanto. Claro que vencer sempre será a principal meta, mas tão importante quanto isso é ver o Palmeiras vencendo clássicos, lutando por títulos e se reforçando sempre para as próximas temporadas.

Não estou contente com o trabalho do Marcelo Oliveira e acredito que o elenco precisa
de reforços em várias posições para o próximo ano. No entanto, como não vão contratar ninguém até quarta-feira, esse é o Palmeiras que vou apoiar muito contra o time do tapetão, das viradas de mesa, das sacanagens, etc… E vou apoiar do começo ao fim!

Torço para o Palmeiras. Não torço para técnico, jogador, presidente, grupo político…só quero ver o meu time vencer, sempre!

E você?

Abraço a todos!