Palmeiras x Atlético-PR: muito mais do que apenas um jogo

Até agora está dando tudo certo para a partida do próximo domingo. Apesar das dificuldades iniciais com a CBF, PM e Ministério Público, o jogo contra o Atlético-PR será mesmo no Allianz Parque.

Mudar a partida de local seria um atestado de falência das autoridades responsáveis pela segurança pública do estado e, ao mesmo tempo, de incapacidade do Palmeiras para lidar com o seu maior patrimônio, a sua torcida.

A partida de domingo é muito importante não apenas para o campeonato deste ano. Uma vitória palmeirense mantém o clube na Série A, o que não pode ser motivo para festa e nem para transformar esse time num “grupo de guerreiros”. Longe disso.

Apesar da reeleição, a diretoria se mostrou completamente despreparada para gerir o futebol do clube. Montaram bom time para disputar a Série B em 2013 e o destruíram logo em seguida, quando o Palmeiras precisava disputar a Copa do Brasil, Paulistao e Série A deste ano. O resultado está aí.

Vinte derrotas em 37 partidas não é para qualquer um. Neste caso, os números choram por si.

survey hosting

Uma derrota para o Atlético-PR não mexe apenas com o ano de 2015 do Palmeiras. Nenhum grande clube do mundo passa incólume por três rebaixamentos em doze anos, sendo dois deles consecutivos.

É o tipo de situação que expõe abertamente as feridas de uma instituição que tem graves problemas internos e que agoniza na mão de grupelhos e famílias que se julgam donas de um dos maiores patrimônios do futebol mundial.

Jogar a Série B novamente prejudicaria ainda mais a imagem do clube, além de diminuir drasticamente as receitas, afastar potenciais parceiros comerciais e impactar negativamente a formação de novas gerações de torcedores.

valdivia_corrida2

Voltando ao jogo, o Palmeiras não pode ter medo de jogar em sua própria casa. Poderemos contar novamente com a nossa zaga titular e Valdívia, o melhor jogador do time (goste você dele ou não), deve estar em campo para essa decisão.

Se ele estiver inspirado, bem fisicamente, as nossas chances de vitória aumentam consideravelmente.

Baixar os preços dos ingressos foi outra decisão muito bem vinda, precisamos do estádio cheio apoiando esse time do começo ao fim da partida. Inclusive, teremos torcida única já que o Atlético-PR abriu mão da sua cota de ingressos.

Ao contrário do que costumam dizer por aí, nossa torcida está mostrando ser a mais leal do País. Vimos isso na inauguração fora de hora do Allianz Parque, nas partidas realizadas em outros estados (que que festa foi aquela que fizeram na Fonte Nova?) e tenho certeza que será assim também neste domingo contra o Atlético-PR.

Não por esse grupo de jogadores, muito menos pela diretoria arrogante, mas pelo Palmeiras. Pela sua história e, principalmente, pelo seu futuro.

Abraço a todos!